You are here
Home > Notícias

Após mais de 30 anos, Jaguar é demitido por e-mail do jornal “O Dia”

Sérgio de Magalhães Gomes Jaguaribe, o Jaguar, um dos maiores cartunistas brasileiros, foi demitido do jornal carioca O Dia, publicação para a qual, segundo ele, colaborava há mais de 30 anos. O veículo dispensou o ilustrador por e-mail.
Crédito:Divulgação
Jaguar, 84, considerado um dos maiores cartunistas brasileiros
“Mandaram um e-mail para a minha esposa porque não tenho. Enviaram um extrato para eu assinar”, contou à IMPRENSA. A mensagem enviada ao cartunista também não informava o motivo de sua demissão.
Jaguar relata que viu um novo chargista na edição do jornal desta quarta-feira (1/9). “Nunca ouvi falar nele”, afirma. Segundo ele, alguns dos funcionários com quem trabalhava, inclusive sua editora, não sabiam da demissão.
O cartunista relata que já havia recebido uma proposta para colaborar com a publicação de forma voluntária e o questionaram se nunca havia pedido aumento. “Respondi que esperava que me dessem”, acrescentou.
Procurado por IMPRENSA, o presidente do jornal, Marcos Salles, afirmou: “Foi com grande pesar que o jornal O Dia teve que abrir mão da colaboração de um artista tão importante como Jaguar, por conta da reorganização financeira que a empresa atravessa. Infelizmente, por uma falha interna, cometeu-se um equivoco na forma adequada de tratar o desligamento deste colaborador. Somos muito gratos a ele por ter exercido seu talento nas páginas de nossa publicação por todos estes anos. Na próxima semana, em reunião já convocada pela Presidência (que se encontra fora do país), a falha será prontamente resolvida. De antemão queremos pedir desculpas ao Jaguar e aos seus admiradores.”
Caricaturista, ilustrador, desenhista, jornalista, cronista, Jaguar começou a carreira em 1957 na página de humor da revista Manchete. Já passou pela revista Senhor e pelo jornal Última Hora,onde atuou por oito anos.
Em 1969, ele fundou o semanário carioca O Pasquim, ao lado de Millôr Fernandes, Tarso de Castro, Sérgio Cabral, Henfil, Paulo Francis, Ziraldo, entre outros. Entre os personagens criados pelo cartunista, destacam-se: rato Sig, Gastão, o vomitador; Boris, o homem tronco e o cartum Chopnics, publicado inicialmente no Jornal do Brasil.

Fonte: http://portalimprensa.com.br

Deixe uma resposta

Top