You are here
Home > Notícias

Agentes da Força Nacional foram feridos a tiros na Vila do João, localidade do Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro

Agentes da Força Nacional fizeram na manhã desta quinta-feira, 11, um cerco aos acessos das favelas da Vila do João e da Vila dos Pinheiros, no Complexo da Maré, Zona Norte do Rio de Janeiro. A ação acontece depois que três militares foram atacados por traficantes após entraram na Vila do João por engano.

Na tarde desta quarta-feira, 10, um carro da Força Nacional foi alvejado por criminosos que controlam a região. Os agentes tentavam acessar a Linha Amarela, principal via até o Parque Olímpico da Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, mas erraram o caminho e entraram em uma rua que dá acesso à favela. Dois militares ficaram feridos e um escapou ileso.

O soldado Hélio Andrade foi atingido por um tiro de fuzil na cabeça e foi levado para o Hospital Municipal Salgado Filho, onde foi operado por três neurocirurgiões. Segundo a Secretaria de Saúde, o estado dele ainda era muito grave na manhã desta quinta-feira. O capitão Alen Marcos Rodrigues Ferreira teve ferimentos leves, mas está bem. O soldado Rafael Pereira escapou sem ferimentos.

Testemunhas contam que os criminosos fizeram vários disparos contra o carro da Força Nacional e depois fugiram para o interior da favela. Os militares baleados foram socorridos por moradores, homens do Exército e por um taxista que passava pelo local.

Os agentes da Força Nacional foram designados pelo Ministério da Justiça e Cidadania para cuidar da segurança dos locais de competição das Olimpíadas no Rio de Janeiro. Ela é composta por policiais militares, civis, bombeiros e peritos. Os três agentes atacados eram policiais de outros estados.

 

Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasil

Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasil

10/08/2016- Rio de Janeiro- RJ, Brasil- Agentes da Força Nacional foram feridos a tiros na Vila do João, localidade do Complexo da Maré, zona norte do Rio de Janeiro.

Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasil

Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasil

Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasil

Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasil

Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasil

Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasil

Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasil

Foto: Vladimir Platonow/Agência Brasil

Deixe uma resposta

Top