You are here
Home > Cultura

Área de proteção ambiental ilha do Combu, no Pará

Pará, Brasil- A ilha do Combu, umas 39 ilhas que fazem parte da capital paraense. O lugar já é bem conhecido dos belenenses que há anos atravessam o rio para frequentar os restaurantes, bares e tomar um banho de igarapé. No entanto, a ilha também é uma das quatro Áreas de Preservação Ambiental (APA) da Região Metropolitana de Belém gerido pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio) e oferece o turismo rural. O turismo rural é uma modalidade que leva o visitante a conhecer um pouco da rotina das comunidades ribeirinhas, saber como os seus produtos tradicionais são feitos, além de trilhar rotas preservadas nas matas ou nos rios. Ao invés de apenas comprar, o visitante conhece melhor a dinâmica do local.

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

31/07/2016- Pará, Brasil- A ilha do Combu, umas 39 ilhas que fazem parte da capital paraense. O lugar já é bem conhecido dos belenenses que há anos atravessam o rio para frequentar os restaurantes, bares e tomar um banho de igarapé. No entanto, a ilha também é uma das quatro Áreas de Preservação Ambiental (APA) da Região Metropolitana de Belém gerido pelo Instituto de Desenvolvimento Florestal e da Biodiversidade do Estado do Pará (Ideflor-Bio) e oferece o turismo rural. O turismo rural é uma modalidade que leva o visitante a conhecer um pouco da rotina das comunidades ribeirinhas, saber como os seus produtos tradicionais são feitos, além de trilhar rotas preservadas nas matas ou nos rios. Ao invés de apenas comprar, o visitante conhece melhor a dinâmica do local. Na foto, cacau produzido na ilha do Combu.

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Barqueiros e ribeirinhos que fazem o transporte na ilha.

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Produtos artesanais produzidos da semente do cacau da ilha do Combu.

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

cacau produzido na ilha do Combu.

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Deixe uma resposta

Top