You are here
Home > Turismo

Algodoal, no estado do Pará: a ilha que une os encantos de rio e de mar é atração na rota do verão

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

16/07/2016- Ilha Algodoal -PA, Brasil- A combinação sol-água é praticamente a tradução do verão paraense. Há quem aposte que essa atração natural decorre da ligação ancestral do povo da região com os rios, mas o fato é que a natureza generosa em belas paisagens do Pará oferece um leque infindável de opções a quem deseja aproveitar as férias de julho para relaxar ou se divertir. Com 562 quilômetros de área litorânea que incluem diversas rotas, Algodoal, uma das ilhas que compõem o território do município Maracanã, é um dos destinos que lideram a preferência do paraense que conta os dias para a chegada do verão. Na região estão localizadas algumas das mais belas praias do estado. Fonte: Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará
FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ
DATA: 15.07.2016
ALGODOAL – PARÁ

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Parás belas praias do estado.
FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ
DATA: 15.07.2016
ALGODOAL – PARÁ

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Paráos que lideram a preferência do paraense que conta os dias para a chegada do verão. Na região estão localizadas algumas das mais belas praias do estado.
FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ
DATA: 15.07.2016
ALGODOAL – PARÁ

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Paráais belas praias do estado.
FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ
DATA: 15.07.2016
ALGODOAL – PARÁ

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Parám abundância.
FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ
DATA: 15.07.2016
ALGODOAL – PARÁ

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. ParáM – PARÁ

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

Foto: Mácio Ferreira/ Ag. Pará

A travessia dura aproximadamente 30 minutos, dependendo da maré. As embarcações têm capacidade para transportar, em média, 40 pessoas. FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ DATA: 15.07.2016 MARAPANIM - PARÁ

A travessia dura aproximadamente 30 minutos, dependendo da maré. As embarcações têm capacidade para transportar, em média, 40 pessoas.
FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ
DATA: 15.07.2016
MARAPANIM – PARÁ

A travessia dura aproximadamente 30 minutos, dependendo da maré. As embarcações têm capacidade para transportar, em média, 40 pessoas. FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ DATA: 15.07.2016 MARAPANIM - PARÁ

A travessia dura aproximadamente 30 minutos, dependendo da maré. As embarcações têm capacidade para transportar, em média, 40 pessoas.
FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ
DATA: 15.07.2016
MARAPANIM – PARÁ

Na chegada a Marapanim, declarada capital paraense do carimbó, o visitante já começa a se ambientar à paisagem, margeada por manguezais onde se vêem centenas de árvores de longas raízes aéreas, e que se estende até o pórtico em formato do caranguejo, um dos símbolos da região. Daqui em diante o caminho segue um roteiro que não tem erro. Dobrando à direta, quem chega é recebido pela estátua sorridente de Mestre Lucindo (foto), erguida no trevo de entrada da cidade em homenagem à maior expressão do ritmo local, cuja mão direita indica a direção do distrito de Marudá, cidade localizada no litoral de Marapanim onde é feita a travessia para Algodoal. FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ DATA: 15.07.2016 MARAPANIM - PARÁ

Na chegada a Marapanim, declarada capital paraense do carimbó, o visitante já começa a se ambientar à paisagem, margeada por manguezais onde se vêem centenas de árvores de longas raízes aéreas, e que se estende até o pórtico em formato do caranguejo, um dos símbolos da região. Daqui em diante o caminho segue um roteiro que não tem erro. Dobrando à direta, quem chega é recebido pela estátua sorridente de Mestre Lucindo (foto), erguida no trevo de entrada da cidade em homenagem à maior expressão do ritmo local, cuja mão direita indica a direção do distrito de Marudá, cidade localizada no litoral de Marapanim onde é feita a travessia para Algodoal.
FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ
DATA: 15.07.2016
MARAPANIM – PARÁ

A travessia dura aproximadamente 30 minutos, dependendo da maré. As embarcações têm capacidade para transportar, em média, 40 pessoas. FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ DATA: 15.07.2016 MARAPANIM - PARÁ

A travessia dura aproximadamente 30 minutos, dependendo da maré. As embarcações têm capacidade para transportar, em média, 40 pessoas.
FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ
DATA: 15.07.2016
MARAPANIM – PARÁ

Antes de chegar ao porto, vale uma segunda parada para conhecer a orla de Marudá, onde estão localizados diversos bares e restaurantes com vista privilegiada para a ilha de Algodoal. Mas convêm não se deter muito com a paisagem sob risco de perder o barco que sai de hora em hora durante o mês de julho. As passagens são vendidas no local de embarque. Na foto, travessia para Algodoal. FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ DATA: 15.07.2016 MARAPANIM - PARÁ

Antes de chegar ao porto, vale uma segunda parada para conhecer a orla de Marudá, onde estão localizados diversos bares e restaurantes com vista privilegiada para a ilha de Algodoal. Mas convêm não se deter muito com a paisagem sob risco de perder o barco que sai de hora em hora durante o mês de julho. As passagens são vendidas no local de embarque. Na foto, travessia para Algodoal.
FOTO: MÁCIO FERREIRA / AG. PARÁ
DATA: 15.07.2016
MARAPANIM – PARÁ

Deixe uma resposta

Top