You are here
Home > Notícias

Taxa de desemprego já supera 11% no primeiro trimestre de 2016, segundo números do IBGE

Segundo o IBGE, o aumento da taxa de desocupação ocorreu por causa da alta expressiva da desocupação, redução da ocupação e aumento da força de trabalho. “Está acelerando porque tem mais pessoas na população desocupada e menos pessoas na população ocupada. E isso está indo de forma bastante consistente ao longo dos últimos meses”, observou Cimar Azeredo, coordenador de trabalho e rendimento do IBGE.

A quantidade de pessoas desocupadas cresceu 22% em relação ao período outubro a dezembro e chegou a 11,1 milhões – o maior número de desocupados desde o início da Pnad Contínua. Já na comparação com o primeiro trimestre de 2015, a alta foi ainda maior, de 39,8%.

Na outra ponta, a população ocupada, que somou 90,6 milhões de pessoas, recuou 1,7% sobre o trimestre encerrado em dezembro do ano passado e 1,5% sobre o período de janeiro a março de 2015. O número de pessoas empregadas com carteira assinada também caiu e chegou a 34,6 milhões. Sobre dezembro, a diminuição foi de 2,2% e sobre os primeiros três meses de 2015, de 4%.

 

Foto: Camila Domingues/ Palácio Piratini

Foto: Camila Domingues/ Palácio Piratini

31/05/2016- São Paulo- SP, Brasil- O IBGE divulgou hoje (31/05), que o número de desempregados chegou a 11,2% no primeiro trimestre de 2016.

Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Deixe uma resposta

Top