You are here
Home > Notícias

Dor e sofrimento causados por bombardeios russos na Síria-Aleppo

Nos últimos dias, setenta e um civis, incluindo 13 crianças, foram mortos por bombardeios rebeldes em zonas de Aleppo. Hoje Alepo acordou assim, bombardeios, pessoas feridas, edifício pegando fogo, destruição e morte. “A dor do outro é minha dor, não consigo ficar imune ao grito e sofrimento dos inocentes que pagam o preço em moedas de sangue”.

Fotos de Anna Ahronheim

ALEPO-SÍRIA

“Condenamos a destruição do hospital Al Quds, perfeitamente identificado como alvo proibido, o que priva a população de atendimento médico básico”, afirmou o MSF em nota. “Foi um ataque aéreo da aviação russa com dois poderosos foguetes”, relatou um ativista local ouvido em Aleppo. O Comitê Internacional da Cruz Vermelha alertou que a escalada bélica ameaça causar uma catástrofe, dada a impossibilidade de prestar ajuda humanitária à cidade.

SÍRIA

O desespero da população diante do bombardeio na Síria, as imagens são fortes. Os combates se generalizaram durante a última semana em Aleppo, principal cidade do norte da Síria, onde, segundo o Observatório, mais de cem civis morreram em bairros controlados pela oposição, e cerca de 50 nas áreas sob poder das forças governamentais. O El Watan, um dos principais jornais do regime sírio, anunciou nesta última quinta-feira uma ofensiva imediata para “completar a libertação de Aleppo e sua província”, derrotando “aqueles que pensam em dividir o país”.

SIRIA 2_02

SIRIA 3_03

Fonte Aleppols Burning comunicação em Aleppo.

Deixe uma resposta

Top