You are here
Home > Cultura

Escolas de Samba do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro

Começaram na noite deste domingo (07/02), os desfiles das Escolas de Samba do Grupo Especial do Carnaval do Rio de Janeiro.

A cerimônia de abertura contou com a passagem do cortejo olímpico, homenagem à cidade que vai sediar as Olimpíadas de 2016. O maratonista e medalhista Wanderley Cordeiro de Lima segurava uma réplica da tocha Olímpica e trazia a bandeira do Brasil amarrada no pescoço.

A primeira escola a desfilar foi a Estácio de Sá, abrindo a noite com o enredo “Salve Jorge!  O guerreiro da fé” homenageando o santo de grande devoção dos cariocas. A Escola do morro de São Carlos veio com muita garra e disposta a se manter na elite do carnaval._MG_7364_064

IMG_3943_043

IMG_4244_044

_MG_7571_071

Em seguida, a Ilha do Governador homenageou a civilização grega, o espírito olímpico e os próximos jogos na cidade. Contou com a participação de atletas medalhistas como Giba, Fabi, Flávio Canto, Tande, etc…

_MG_7992_092

A Beija-Flor contou na avenida a história do Marquês de Sapucaí imortalizado pelo próprio carnaval, e o ciclo do ouro em Minas Gerais. A agremiação trouxe muito luxo e ouro para a avenida, mostrando que está na briga pelo bicampeonato. Entre seus destaques, Cláudia Raia, Boni e Piná.

_MG_8643_043

_MG_8183_083

_MG_8354_054

_MG_8112_012

A seguir, a Acadêmicos do Grande Rio homenageou a bela cidade paulista de Santos, suas praias e seu time de futebol, que revelou vários craques como Pelé e Neymar. Famosa por trazer sempre muitas celebridades em seus desfiles, esse ano a Grande Rio não deixou por menos. Defendendo a escola estavam, entre outros, Suzana Vieira, David Brazil, Thayla Ayala e Ana Hickman.

IMG_4773_073

_MG_8781_081

_MG_8790_090

_MG_8801_01

_MG_8840_040

A Mocidade Independente de Padre Miguel inspirou-se no escritor espanhol Miguel de Cervantes e em seu personagem mais conhecido, Dom Quixote de La Mancha, para homenagear o povo brasileiro e ao mesmo tempo, falar sobre as mazelas nacionais como a corrupção, a inflação e a ditadura militar. Comparou o povo a Dom Quixote, que lutava com seus inimigos imaginários e sonhava com um mundo melhor. No final da escola, um grande carro trazia um enorme boneco de Jorge Perlingeiro, conhecido por narrar as notas das campeãs do carnaval, dando notas dez, como num sonho quixotesco, para a educação, saúde etc. Destaques para as cantoras Anitta e Cláudia Leitte.

_MG_8969_069

_MG_9007_07

_MG_9012_012

A última escola a desfilar foi a Unidos da Tijuca que homenageou a agricultura e sua importância para o Brasil. Retratou a fauna e a flora brasileiras, as variadas plantações agrícolas e também suas pragas. Fez ainda uma homenagem a Cândido Portinari e aos “pintores da terra”, que seriam os agricultores. A rainha da bateria, a atriz Juliana Alves, estava fantasiada de abelha-rainha e “polinizava” a bateria. A escola é uma das favoritas ao título.

 

Deixe uma resposta

Top