You are here
Home > Notícias

Motociclista foi assaltado, tentou reagir e levou dois tiros. Tiroteio no Túnel Rebouças, na Zona Sul do Rio, assusta motoristas

1185267_10200565039312024_1704813889_n

Um assalto deixou um jovem baleado e parou o trânsito na noite desta sexta-feira (29) no Túnel Rebouças, principal ligação entre as Zonas Sul e Norte do Rio. O tiroteio assustou os motoristas, muitos carros foram abandonados e o trânsito chegou a ficar completamente parado.

De acordo com o 23º BPM (Leblon), dois homens em uma moto abordaram um motociclista para roubá-lo. Ele tentou fugir e foi baleado. A moto da vítima foi roubada. Por causa dos tiros, muitas pessoas pensaram se tratar de um arrastão, o que foi negado pela polícia militar.

Segundo a Globo News, a vítima foi identificada como Marcelo Mendonça Parentoni, de 26 anos. Ele foi atingido por tiros no braço e socorrido no Hospital Miguel Couto, na Gávea.

No Twitter, o veredor Carlos Bolsonaro (PP), filho do deputado federal Jair Bolsonaro, disse que o carro em que estava foi atingido por um tiro, mas ninguém se feriu. “Arrastão agora no Túnel Rebouças, sentido Zona Sul. O táxi que estou foi alvo de tiro mas nada aconteceu conosco! Polícia avisada!!!”, escreveu.

Vereador Carlos Bolsonaro estava em táxi atingindo por tiros no Rebouças (Foto: Reprodução/Twitter)Vereador Carlos Bolsonaro estava em táxi atingindo por tiros no Rebouças (Foto: Reprodução/Twitter)

Funcionários do Hospital Municipal Miguel Couto informaram que um homem deu entrada na unidade com ferimento no antebraço. Até a última atualização desta reportagem o estado de saúde dele não foi informado.

Ocupantes de carros desenbarcaram dos veículos assustados; alguns carregavam crianças no colo (Foto: Zilmar Sebastião / Arquivo Pessoal)Ocupantes de carros desenbarcaram dos veículos assustados; alguns carregavam crianças no colo (Foto: Zilmar Sebastião / Arquivo Pessoal)

Muitos motoristas relataram o desespero de quem passava pela via, uma das principais ligações entre as zonas Norte e Sul da cidade.

“Eu estava no túnel sentido Zona Sul, sou taxista. Estava com passageiro, sentido lagoa. Quando entrei na segunda galeria, vi umas motos voltando. Vi gente abandonando carro, mulher chorando”, disse o taxista Zilmar Sebastião de Melo. “Esse desespero deve ter durado 15 minutos a 30 minutos. Todo mundo estava apavorado correndo. Escutamos barulho de tiro”, acrescentou.

Tráfego no Rebouças ficou totalmente parado, enquanto os ocupantes dos veículos desembarcaram para buscar se proteger de tiros (Foto: Zilmar Sebastião / Arquivo Pessoal)
Tráfego no Rebouças ficou totalmente parado, enquanto os ocupantes dos veículos desembarcaram para buscar se proteger de tiros (Foto: Zilmar Sebastião / Arquivo Pessoal)

Deixe uma resposta

Top