You are here
Home > Notícias

Em São Paulo, Wilson Fittipaldi participa de sessão de autógrafos no segundo dia do evento automobilístico ‘Clássicos Brasil’

São Paulo- SP, Brasil- Uma das atrações do 2° Clássicos Brasil, maior encontro brasileiro de carros clássicos nacionais, é a presença de Wilson Fittipaldi Junior. O evento, realizado pela ZR Soluções Automotivas, começou ontem (23/01) no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo, e vai até amanhã (25), dia do aniversário de São Paulo (462 anos).

São Paulo- SP- Brasil- 24/01/2016- Uma das atrações do 2° Clássicos Brasil, maior encontro brasileiro de carros clássicos nacionais, é a presença de Wilson Fittipaldi Junior. O evento, realizado pela ZR Soluções Automotivas, começou ontem (23) no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo, e vai até amanhã (25), dia do aniversário de São Paulo (462 anos). Wilsinho Fittipaldi, como é carinhosamente chamado por todos, emociona o público presente com suas histórias e mostra aos fãs um pouco sobre o primeiro carro de Fórmula 1, da equipe brasileira Fittipaldi, o FD01, que está entre os destaques desta segunda edição do Clássicos Brasil. Um carro inovador, que estreou nas pistas da Argentina no início da temporada de 1975, pilotado por Wilsinho Fittipaldi. Hoje e amanhã Wilsinho fará duas sessões de autógrafos: Hoje (24) às 16h e amanhã (25) às 12h. Irmão mais velho de Émerson Fittipaldi, Wilsinho começou sua carreira automobilística nos anos 60, correu na Fórmula 1 em 38 ocasiões, pelas equipes Brabham e Fittipaldi, entre 1972 e 1975. Sessões de autógrafo com esse ícone do automobilismo nacional estão programadas para os três dias de evento. O Evento Referência no antigomobilismo, o Clássicos Brasil 2016 tem a chancela da FBVA (Federação Brasileira de Veículos Antigos) e como embaixador Fábio de Cillo Pagotto. José Ricardo anunciou também, ao lado de Roberto Suga, presidente da FBVA, a criação do Placa Amarela, um clube de veículos nacionais unindo todas as marcas em um só clube, que será lançado em breve. Além dos 120 clubes espalhados pelo Brasil, os números do segmento impressionam e mostram ainda 150 mil colecionadores por todo o país.  Foto: Thiago Capodanno/VGCOM
São Paulo- SP- Brasil- 24/01/2016- Uma das atrações do 2° Clássicos Brasil, maior encontro brasileiro de carros clássicos nacionais, é a presença de Wilson Fittipaldi Junior. O evento, realizado pela ZR Soluções Automotivas, começou ontem (23) no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo, e vai até amanhã (25), dia do aniversário de São Paulo (462 anos).
Wilsinho Fittipaldi, como é carinhosamente chamado por todos, emociona o público presente com suas histórias e mostra aos fãs um pouco sobre o primeiro carro de Fórmula 1, da equipe brasileira Fittipaldi, o FD01, que está entre os destaques desta segunda edição do Clássicos Brasil. Um carro inovador, que estreou nas pistas da Argentina no início da temporada de 1975, pilotado por Wilsinho Fittipaldi.
Hoje e amanhã Wilsinho fará duas sessões de autógrafos: Hoje (24) às 16h e amanhã (25) às 12h.
Irmão mais velho de Émerson Fittipaldi, Wilsinho começou sua carreira automobilística nos anos 60, correu na Fórmula 1 em 38 ocasiões, pelas equipes Brabham e Fittipaldi, entre 1972 e 1975. Sessões de autógrafo com esse ícone do automobilismo nacional estão programadas para os três dias de evento.
O Evento
Referência no antigomobilismo, o Clássicos Brasil 2016 tem a chancela da FBVA (Federação Brasileira de Veículos Antigos) e como embaixador Fábio de Cillo Pagotto. José Ricardo anunciou também, ao lado de Roberto Suga, presidente da FBVA, a criação do Placa Amarela, um clube de veículos nacionais unindo todas as marcas em um só clube, que será lançado em breve. Além dos 120 clubes espalhados pelo Brasil, os números do segmento impressionam e mostram ainda 150 mil colecionadores por todo o país.
Foto: Thiago Capodanno/VGCOM
São Paulo- SP- Brasil- 24/01/2016- Uma das atrações do 2° Clássicos Brasil, maior encontro brasileiro de carros clássicos nacionais, é a presença de Wilson Fittipaldi Junior. O evento, realizado pela ZR Soluções Automotivas, começou ontem (23) no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo, e vai até amanhã (25), dia do aniversário de São Paulo (462 anos). Wilsinho Fittipaldi, como é carinhosamente chamado por todos, emociona o público presente com suas histórias e mostra aos fãs um pouco sobre o primeiro carro de Fórmula 1, da equipe brasileira Fittipaldi, o FD01, que está entre os destaques desta segunda edição do Clássicos Brasil. Um carro inovador, que estreou nas pistas da Argentina no início da temporada de 1975, pilotado por Wilsinho Fittipaldi. Hoje e amanhã Wilsinho fará duas sessões de autógrafos: Hoje (24) às 16h e amanhã (25) às 12h. Irmão mais velho de Émerson Fittipaldi, Wilsinho começou sua carreira automobilística nos anos 60, correu na Fórmula 1 em 38 ocasiões, pelas equipes Brabham e Fittipaldi, entre 1972 e 1975. Sessões de autógrafo com esse ícone do automobilismo nacional estão programadas para os três dias de evento. O Evento Referência no antigomobilismo, o Clássicos Brasil 2016 tem a chancela da FBVA (Federação Brasileira de Veículos Antigos) e como embaixador Fábio de Cillo Pagotto. José Ricardo anunciou também, ao lado de Roberto Suga, presidente da FBVA, a criação do Placa Amarela, um clube de veículos nacionais unindo todas as marcas em um só clube, que será lançado em breve. Além dos 120 clubes espalhados pelo Brasil, os números do segmento impressionam e mostram ainda 150 mil colecionadores por todo o país.  Foto: Thiago Capodanno/VGCOM
São Paulo- SP- Brasil- 24/01/2016- Uma das atrações do 2° Clássicos Brasil, maior encontro brasileiro de carros clássicos nacionais, é a presença de Wilson Fittipaldi Junior. O evento, realizado pela ZR Soluções Automotivas, começou ontem (23) no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo, e vai até amanhã (25), dia do aniversário de São Paulo (462 anos).
Wilsinho Fittipaldi, como é carinhosamente chamado por todos, emociona o público presente com suas histórias e mostra aos fãs um pouco sobre o primeiro carro de Fórmula 1, da equipe brasileira Fittipaldi, o FD01, que está entre os destaques desta segunda edição do Clássicos Brasil. Um carro inovador, que estreou nas pistas da Argentina no início da temporada de 1975, pilotado por Wilsinho Fittipaldi.
Hoje e amanhã Wilsinho fará duas sessões de autógrafos: Hoje (24) às 16h e amanhã (25) às 12h.
Irmão mais velho de Émerson Fittipaldi, Wilsinho começou sua carreira automobilística nos anos 60, correu na Fórmula 1 em 38 ocasiões, pelas equipes Brabham e Fittipaldi, entre 1972 e 1975. Sessões de autógrafo com esse ícone do automobilismo nacional estão programadas para os três dias de evento.
O Evento
Referência no antigomobilismo, o Clássicos Brasil 2016 tem a chancela da FBVA (Federação Brasileira de Veículos Antigos) e como embaixador Fábio de Cillo Pagotto. José Ricardo anunciou também, ao lado de Roberto Suga, presidente da FBVA, a criação do Placa Amarela, um clube de veículos nacionais unindo todas as marcas em um só clube, que será lançado em breve. Além dos 120 clubes espalhados pelo Brasil, os números do segmento impressionam e mostram ainda 150 mil colecionadores por todo o país.
Foto: Thiago Capodanno/VGCOM
São Paulo- SP- Brasil- 24/01/2016- Uma das atrações do 2° Clássicos Brasil, maior encontro brasileiro de carros clássicos nacionais, é a presença de Wilson Fittipaldi Junior. O evento, realizado pela ZR Soluções Automotivas, começou ontem (23) no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo, e vai até amanhã (25), dia do aniversário de São Paulo (462 anos). Wilsinho Fittipaldi, como é carinhosamente chamado por todos, emociona o público presente com suas histórias e mostra aos fãs um pouco sobre o primeiro carro de Fórmula 1, da equipe brasileira Fittipaldi, o FD01, que está entre os destaques desta segunda edição do Clássicos Brasil. Um carro inovador, que estreou nas pistas da Argentina no início da temporada de 1975, pilotado por Wilsinho Fittipaldi. Hoje e amanhã Wilsinho fará duas sessões de autógrafos: Hoje (24) às 16h e amanhã (25) às 12h. Irmão mais velho de Émerson Fittipaldi, Wilsinho começou sua carreira automobilística nos anos 60, correu na Fórmula 1 em 38 ocasiões, pelas equipes Brabham e Fittipaldi, entre 1972 e 1975. Sessões de autógrafo com esse ícone do automobilismo nacional estão programadas para os três dias de evento. O Evento Referência no antigomobilismo, o Clássicos Brasil 2016 tem a chancela da FBVA (Federação Brasileira de Veículos Antigos) e como embaixador Fábio de Cillo Pagotto. José Ricardo anunciou também, ao lado de Roberto Suga, presidente da FBVA, a criação do Placa Amarela, um clube de veículos nacionais unindo todas as marcas em um só clube, que será lançado em breve. Além dos 120 clubes espalhados pelo Brasil, os números do segmento impressionam e mostram ainda 150 mil colecionadores por todo o país.  Foto: Thiago Capodanno/VGCOM
São Paulo- SP- Brasil- 24/01/2016- Uma das atrações do 2° Clássicos Brasil, maior encontro brasileiro de carros clássicos nacionais, é a presença de Wilson Fittipaldi Junior. O evento, realizado pela ZR Soluções Automotivas, começou ontem (23) no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo, e vai até amanhã (25), dia do aniversário de São Paulo (462 anos).
Wilsinho Fittipaldi, como é carinhosamente chamado por todos, emociona o público presente com suas histórias e mostra aos fãs um pouco sobre o primeiro carro de Fórmula 1, da equipe brasileira Fittipaldi, o FD01, que está entre os destaques desta segunda edição do Clássicos Brasil. Um carro inovador, que estreou nas pistas da Argentina no início da temporada de 1975, pilotado por Wilsinho Fittipaldi.
Hoje e amanhã Wilsinho fará duas sessões de autógrafos: Hoje (24) às 16h e amanhã (25) às 12h.
Irmão mais velho de Émerson Fittipaldi, Wilsinho começou sua carreira automobilística nos anos 60, correu na Fórmula 1 em 38 ocasiões, pelas equipes Brabham e Fittipaldi, entre 1972 e 1975. Sessões de autógrafo com esse ícone do automobilismo nacional estão programadas para os três dias de evento.
O Evento
Referência no antigomobilismo, o Clássicos Brasil 2016 tem a chancela da FBVA (Federação Brasileira de Veículos Antigos) e como embaixador Fábio de Cillo Pagotto. José Ricardo anunciou também, ao lado de Roberto Suga, presidente da FBVA, a criação do Placa Amarela, um clube de veículos nacionais unindo todas as marcas em um só clube, que será lançado em breve. Além dos 120 clubes espalhados pelo Brasil, os números do segmento impressionam e mostram ainda 150 mil colecionadores por todo o país.
Foto: Thiago Capodanno/VGCOM
São Paulo- SP- Brasil- 24/01/2016- Uma das atrações do 2° Clássicos Brasil, maior encontro brasileiro de carros clássicos nacionais, é a presença de Wilson Fittipaldi Junior. O evento, realizado pela ZR Soluções Automotivas, começou ontem (23) no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo, e vai até amanhã (25), dia do aniversário de São Paulo (462 anos). Wilsinho Fittipaldi, como é carinhosamente chamado por todos, emociona o público presente com suas histórias e mostra aos fãs um pouco sobre o primeiro carro de Fórmula 1, da equipe brasileira Fittipaldi, o FD01, que está entre os destaques desta segunda edição do Clássicos Brasil. Um carro inovador, que estreou nas pistas da Argentina no início da temporada de 1975, pilotado por Wilsinho Fittipaldi. Hoje e amanhã Wilsinho fará duas sessões de autógrafos: Hoje (24) às 16h e amanhã (25) às 12h. Irmão mais velho de Émerson Fittipaldi, Wilsinho começou sua carreira automobilística nos anos 60, correu na Fórmula 1 em 38 ocasiões, pelas equipes Brabham e Fittipaldi, entre 1972 e 1975. Sessões de autógrafo com esse ícone do automobilismo nacional estão programadas para os três dias de evento. O Evento Referência no antigomobilismo, o Clássicos Brasil 2016 tem a chancela da FBVA (Federação Brasileira de Veículos Antigos) e como embaixador Fábio de Cillo Pagotto. José Ricardo anunciou também, ao lado de Roberto Suga, presidente da FBVA, a criação do Placa Amarela, um clube de veículos nacionais unindo todas as marcas em um só clube, que será lançado em breve. Além dos 120 clubes espalhados pelo Brasil, os números do segmento impressionam e mostram ainda 150 mil colecionadores por todo o país.  Foto: Thiago Capodanno/VGCOM
São Paulo- SP- Brasil- 24/01/2016- Uma das atrações do 2° Clássicos Brasil, maior encontro brasileiro de carros clássicos nacionais, é a presença de Wilson Fittipaldi Junior. O evento, realizado pela ZR Soluções Automotivas, começou ontem (23) no Clube Hípico de Santo Amaro, em São Paulo, e vai até amanhã (25), dia do aniversário de São Paulo (462 anos).
Wilsinho Fittipaldi, como é carinhosamente chamado por todos, emociona o público presente com suas histórias e mostra aos fãs um pouco sobre o primeiro carro de Fórmula 1, da equipe brasileira Fittipaldi, o FD01, que está entre os destaques desta segunda edição do Clássicos Brasil. Um carro inovador, que estreou nas pistas da Argentina no início da temporada de 1975, pilotado por Wilsinho Fittipaldi.
Hoje e amanhã Wilsinho fará duas sessões de autógrafos: Hoje (24) às 16h e amanhã (25) às 12h.
Irmão mais velho de Émerson Fittipaldi, Wilsinho começou sua carreira automobilística nos anos 60, correu na Fórmula 1 em 38 ocasiões, pelas equipes Brabham e Fittipaldi, entre 1972 e 1975. Sessões de autógrafo com esse ícone do automobilismo nacional estão programadas para os três dias de evento.
O Evento
Referência no antigomobilismo, o Clássicos Brasil 2016 tem a chancela da FBVA (Federação Brasileira de Veículos Antigos) e como embaixador Fábio de Cillo Pagotto. José Ricardo anunciou também, ao lado de Roberto Suga, presidente da FBVA, a criação do Placa Amarela, um clube de veículos nacionais unindo todas as marcas em um só clube, que será lançado em breve. Além dos 120 clubes espalhados pelo Brasil, os números do segmento impressionam e mostram ainda 150 mil colecionadores por todo o país.
Foto: Thiago Capodanno/VGCOM

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Top