You are here
Home > Esporte

MINI encerra participação no Rally Dakar com vice-campeonato da dupla Al-Attiyah e Baumel

2016 Dakar, Nasser Al-Attiyah (QAT), Mathieu Baumel (FRA), MINI ALL4 Racing – AXION X-raid Team 300 – 16.01.2016

São Paulo, 18 de janeiro de 2016 – MINI não manteve o título do Rally Dakar, mas, ainda assim, há diversos motivos para comemorar. A dupla Nasser Al-Attiyah (CAT) e Matthieu Baumel (FRA) garantiu o vice-campeonato do evento após o término da última etapa, que aconteceu no sábado (16). Eles foram os melhores colocados a bordo de um veículo com tração nas quatro rodas. A marca MINI colocou outras seis duplas no Top 15 do Rally Dakar 2016, que contou com percurso total de nove mil quilômetros, sendo cerca de 4.600 km de trechos cronometrados.

 

O catariano aprovou a participação no evento e espera ganhar o título no próximo ano. “Foi bom terminar no pódio, mas acredito que voltaremos em 2017 para vencer. Penso que era possível ter chegado à primeira colocação se não fosse por um único erro, mas isso é Dakar – uma corrida de duas semanas, na qual todos podem cometer erros, até mesmo os melhores pilotos”, afirmou o vice-campeão.

 

A temporada de estreia do finlandês Mikko Hirvonen, antiga estrela do WRC, também foi positiva. Ao lado de Michel Périn, a dupla garantiu o quarto lugar após ultrapassar a linha de chegada em Rosário, na Argentina, com tempo de pouco mais de 46h. “Estou muito feliz por estar aqui, foram duas semanas ótimas. O carro estava funcionando bem, a equipe fez um trabalho fantástico e com Michel tudo correu perfeitamente bem. Foi uma grande experiência”, disse o finlandês.

 

A dupla dos espanhóis Joan “Nani” Roma e Alex Haro (Equipe AXION X-raid # 304) também garantiu um lugar entre os dez melhores do torneio, ficando na sexta posição após um início ruim. Apesar das circunstâncias, Roma valoriza o resultado ao lado do parceiro. “Inicialmente, não era meu objetivo lutar por essa colocação, mas foi muito difícil. A parceria com Alex foi um ponto a favor, ele fez um bom trabalho”, afirmou o piloto espanhol.

 

Classificação dos pilotos MINI no Rally Dakar 2016

 

Posição Condutor Co-piloto # Equipe Tempo
2 Nasser Al-Attiyah (QAT) Mathieu Baumel (FRA) 300 AXION X-raid equipa 045: 57: 08

0: 34: 58

4 Mikko Hirvonen (FIN) Michel Périn (FRA) 315 AXION X-raid equipa 046: 27: 28

+ 01:05:18

6 Joan “Nani” Roma (ESP) Alex Haro (ESP) 304 AXION X-raid equipa 047: 03: 16

01: 41: 06

10 Harry Hunt (GB) Andreas Schulz (GER) 323 X-raid equipa 048: 33: 40

03: 11: 30

12 Orlando Terranova (ARG) Bernardo ‘Ronnie’ Graue (ARG) 310 AXION X-raid equipa 050: 31: 04

05: 08: 54

13

 

Erik van Loon (NDL) Wouter Rosegaar (NDL) 306 Van Loon Corrida 050: 44: 23

05: 22: 13

16 Jakub ‘Kuba’ Przygonski (POL) Andrei Rudnitski (BLR) 327 ORLEN Equipe 051: 02: 10

05: 40: 00

23 Boris Garafulic (CHL) Filipe Palmeiro (POR) 313 X-raid equipa 054: 55: 28

09: 33: 18

45 Nazareno López (ARG) Sergio Lafuente (URU) 351 X-raid equipa 069: 53: 55

24: 31: 45

53 Adam Malysz (POL) Xavier Panseri (FRA) 325 ORLEN Equipe 074: 08: 13

28: 46: 03

 

 

MINI no Rally Dakar 2016

Os carros MINI ALL4 Racing que competiram no Rally Dakar 2016 trazem sob o capô um motor TwinPower turbo, baseado no motor de produção BMW que equipa o MINI Cooper Countryman convencional. Trata-se de uma unidade com 2.993 cm³, movida a diesel, capaz de entregar 320 hp de potência e 800 Nm de torque máximo, acoplada a um câmbio de seis marchas. Durante todo o ano passado, os times MINI ALL4 Racing, em conjunto com a empresa X-raid, construtora do modelo campeão, desenvolveram os carros em testes e condições de corrida reais.

 

Rally Dakar

O Rally Dakar 2016 aconteceu entre 2 e 16 de janeiro, com 13 estágios e mais de 9,5 mil quilômetros de percurso total, entre Argentina e Bolívia. A competição, que teve início em Buenos Aires e se encerra em Rosário, ambas em território argentino, abre a temporada de rali cross-country no ano.

 

Evolução e conquistas marcam história da marca

Desde que o MINI original evoluiu nas mãos de John Cooper, para as versões de rali MINI Cooper 997, na década de 1960, o nome MINI se tornou sinônimo de envolvimento em ralis internacionais e, claro, de vitórias.

 

A MINI mantém esta tradição de sucesso em corridas pelo mundo todo, com seu MINI ALL4 Racing. Como o original MINI Cooper, a MINI e seu MINI ALL4 Racing se tornaram modelos icônicos da linha de desenvolvimento esportivo Motorsport, em virtude do domínio contínuo em campeonatos e eventos globais de off-road.

 

 

Para mais informações sobre a MINI Brasil, acesse:

www.MINI.com.br

Redes Sociais: http://www.mini.com.br/community

Deixe uma resposta

Top