You are here
Home > Notícias

Em Nova Friburgo, estragos causados por enxurrada ainda são visíveis

Nova Friburgo -  A rua Juvenal Namen foi uma das mais atingidas pela enxurrada no centro da cidade. Casas foram destruídas, despedaçadas e prédio residencial foi partido e trincado (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – A rua Juvenal Namen foi uma das mais atingidas pela enxurrada no centro da cidade. Casas foram destruídas, despedaçadas e prédio residencial foi partido e trincado (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo -  A rua Juvenal Namen foi uma das mais atingidas pela enxurrada no centro da cidade. Casas foram destruídas, despedaçadas e prédio residencial foi partido e trincado (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – A rua Juvenal Namen foi uma das mais atingidas pela enxurrada no centro da cidade. Casas foram destruídas, despedaçadas e prédio residencial foi partido e trincado (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo -  O terreno de casas destruídas, na rua Juvenal Namen, tornou-se um estacionamento. A rua foi uma das mais atingidas pela enxurrada no centro da cidade. (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – O terreno de casas destruídas, na rua Juvenal Namen, tornou-se um estacionamento. A rua foi uma das mais atingidas pela enxurrada no centro da cidade. (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo -  A rua Juvenal Namen foi uma das mais atingidas pela enxurrada no centro da cidade. Casas foram destruídas, despedaçadas e prédio residencial foi partido e trincado (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – A rua Juvenal Namen foi uma das mais atingidas pela enxurrada no centro da cidade. Casas foram destruídas, despedaçadas e prédio residencial foi partido e trincado (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo -  Antônio José Fernandesé sócio de estacionamento que funciona onde ficava a casa da família, que foi destruída no desastre de 2011 (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – Antônio José Fernandesé sócio de estacionamento que funciona onde ficava a casa da família, que foi destruída no desastre de 2011 (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo -  Obras de contenção de encosta ainda são vistas atualmente na cidade (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – Obras de contenção de encosta ainda são vistas atualmente na cidade (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo -  Obras de contenção de encosta ainda são vistas atualmente na cidade (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – Obras de contenção de encosta ainda são vistas atualmente na cidade (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo - O Residencial Terra Nova, onde dezenas de famílias desabrigadas com a tragédia foram abrigadas (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – O Residencial Terra Nova, onde dezenas de famílias desabrigadas com a tragédia foram abrigadas (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo - O Residencial Terra Nova, onde dezenas de famílias desabrigadas com a tragédia foram abrigadas (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – O Residencial Terra Nova, onde dezenas de famílias desabrigadas com a tragédia foram abrigadas (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo - O Residencial Terra Nova, onde dezenas de famílias desabrigadas com a tragédia foram abrigadas (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – O Residencial Terra Nova, onde dezenas de famílias desabrigadas com a tragédia foram abrigadas (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo - A casa de Gilson da Cunha, 68 é a única que permanece ocupada nesta rua do distrito de Conselheiro Paulino. Gilson está fazendo obras de contenção para evitar outros desastres (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – A casa de Gilson da Cunha, 68 é a única que permanece ocupada nesta rua do distrito de Conselheiro Paulino. Gilson está fazendo obras de contenção para evitar outros desastres (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo - A casa de Gilson da Cunha, 68 é a única que permanece ocupada nesta rua do distrito de Conselheiro Paulino. Gilson está fazendo obras de contenção para evitar outros desastres (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – A casa de Gilson da Cunha, 68 é a única que permanece ocupada nesta rua do distrito de Conselheiro Paulino. Gilson está fazendo obras de contenção para evitar outros desastres (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo - A casa de Gilson da Cunha, 68 é a única que permanece ocupada nesta rua do distrito de Conselheiro Paulino. Gilson está fazendo obras de contenção para evitar outros desastres (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – A casa de Gilson da Cunha, 68 é a única que permanece ocupada nesta rua do distrito de Conselheiro Paulino. Gilson está fazendo obras de contenção para evitar outros desastres (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo - A casa de Gilson da Cunha, 68 é a única que permanece ocupada nesta rua do distrito de Conselheiro Paulino. Gilson está fazendo obras de contenção para evitar outros desastres (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – A casa de Gilson da Cunha, 68 é a única que permanece ocupada nesta rua do distrito de Conselheiro Paulino. Gilson está fazendo obras de contenção para evitar outros desastres (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo - O empresário Dejair da Silva, 64, teve parte de seu terreno onde funcionava uma fábrica de caminhões, destruído com os deslizamentos (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – O empresário Dejair da Silva, 64, teve parte de seu terreno onde funcionava uma fábrica de caminhões, destruído com os deslizamentos (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo -  A rua Juvenal Namen foi uma das mais atingidas pela enxurrada no centro da cidade. Casas foram destruídas, despedaçadas e prédio residencial foi partido e trincado (Tânia Rêgo/Agência Brasil)
Nova Friburgo – A rua Juvenal Namen foi uma das mais atingidas pela enxurrada no centro da cidade. Casas foram destruídas, despedaçadas e prédio residencial foi partido e trincado (Tânia Rêgo/Agência Brasil)

Deixe uma resposta

Top