You are here

Reinauguração da Árvore de Natal na Lagoa Rodrigo de Freitas debaixo de raios, vendaval e chuva forte associadas a formação de Super-célula

Durante o entardecer e início da noite deste Sábado 12/12, durante a reinauguração da Árvore de Natal da Lagoa Rodrigo de Freitas, na Zona Sul do Rio de Janeiro, foram registrados núcleos de tempestades, inclusive raio Nuvem-Nuvem minutos antes.

CAÇADORES 03_012

O tema deste ano foi ‘O Natal da Renovação’ com queima de fogos, luzes e um carrilhão eletrônico de músicas natalinas feito pelos irmãos Marcos e Paulo Sergio Valle e cenografia incluindo cores e luzes feita por Abel Nunes.

VISÕESURBANAS_10

No último dia 20 de novembro, a cidade do Rio foi atingida ao amanhecer por uma tempestade associada à linhas de instabilidades na forma de CCM (Complexo Convectivo Mesoescala) causando ventos superiores a 90 km/h e danificando a estrutura da árvore.

FOTO DE INTERNAUTA_28_11_2015

A árvore que seria inaugurada dia 28/11 com a tradicional queima de fogos e shows, como ocorre todos os anos, teve o show de inauguração cancelado e finalmente foi reinaugurada ontem para a felicidade de cariocas e turistas.

Ao mesmo tempo foram observadas formações de Cumulonimbus de grande crescimento vertical na zona Oeste, Costa Verde e Região Serrana que eram possíveis de serem vistas da Zona Sul do Rio.

IMG_6781_081

Conforme descrição da carta sinótica da agência NOAA de 12/12 às 17:45, havia uma grande área de instabilidade, associadas ao cavado invertido com vorticidade ciclônica com topo de nuvens entre 8 à 20 km de altitude, à 100° graus negativos sobre os estados do MS, SP, RJ e MG. Na região de Campinas-SP foi registrado um vendaval de 145 km/h.

12-12-2015 LI-NOAA_012

Carta Sinótica WunderMap de 12/12 às 18:00.
12-12-2015 WUNDERMAP_012

Na Zona Oeste do Rio, no bairro de Nova Iguaçu e Duque de Caxias foi registrado a formação de uma Cumulonimbus Prateleira (super-célula), registrada por Lazaro Monteiro, colaborador.

LAZARO MONTEIRO_012

Forte atividade elétrica em Serra Grande, Itaipu-Niterói por Marcio Rougemont, colaborador.

MARCIO ROUGEMONT_012

Fonte de pesquisa NOAA, GFS, Rindat e WunderMap.

Deixe uma resposta

Top