You are here
Home > Notícias

Zoo de Salvador comemora reprodução de urso-de-óculos enviado para Sorocaba (SP)

O Parque Zoobotânico Getúlio Vargas participou de maneira direta da reprodução de um filhote de urso-de-óculos, no Zoológico Municipal Quinzinho de Barros, da cidade de Sorocaba, em São Paulo. Um macho da espécie, que consta da lista oficial dos animais ameaçados de extinção do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), foi enviado, em 2012, ao parque paulista e agora o Zoo baiano comemora o sucesso em mais uma tentativa de preservação da fauna brasileira.

O nascimento do filhote e seu desenvolvimento nesse período foram acompanhados cuidadosamente pela equipe técnica do Zoológico de Sorocaba para garantir que a mãe ursa cuidasse muito bem do filhote. Esta é a primeira cria do casal Pepito e Penélope, que já habita o Quinzinho de Barros, como informa o Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos da Bahia (Inema), vinculado à Secretaria do Meio Ambiente do Estado (Sema).

A mãe, que foi enviada pelo Zoológico de Sapucaia do Sul (RS), em 2011, e o filhote permaneceram nesses seis primeiros meses numa área chamada de ‘cambiamento’, para que não houvesse nenhum tipo de distração. A partir de agora, a equipe vai continuar acompanhando o desenvolvimento do filhote, verificando o desenvolvimento motor e mental do urso e os cuidados da mãe com o filho.

Como em diversos programas desenvolvidos por zoológicos para recuperação e reprodução de espécies ameaçadas de extinção global ou regionalmente, existe um plano de manejo específico para os ursos-de-óculos, o qual busca obter conhecimentos nas áreas de Biologia e Medicina Veterinária. Todas as informações geradas retornam em forma de melhorias na qualidade de vida dos animais.

Espécie

O urso-de-óculos tem esse nome em decorrência das manchas de coloração branca ou bege em volta dos olhos (em formas de círculos ou semicírculos), o que dá a impressão de serem grandes óculos. Entretanto, é só aparência, pois, na verdade, possuem uma excelente visão. Eles podem medir de 1,20 metros a 1,80 metros, quando adultos, e o peso varia entre 60 e 62 quilos (fêmeas), e entre 140 e 175 (machos).

Os animais têm hábitos predominantemente noturnos e crepusculares, podendo dormir durante o dia entre raízes largas de árvores, sobre troncos ou dentro de cavernas. São indivíduos solitários, vivendo tanto no chão quanto em árvores. Eles se alimentam principalmente de plantas da família das bromélias, mas também de frutos variados, como palmitos, bambu e milho, além de ocasionalmente de insetos e pequenos roedores. A espécie habita desde áreas abertas e semi-secas até as florestas tropicais andinas, ocorrendo na Venezuela, Colômbia, Equador, Peru e Bolívia.

Fonte: Ascom/Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Inema)

AC_Urso-de-oculos-zoo-de-Salvador-na-Bahia_0001

 

Foto: Assis Cavalcante/ GOVBA

 

 

Deixe uma resposta

Top