You are here
Home > Notícias

Henrique Pizzolato chega a Brasília para cumprir pena

 

O ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil Henrique Pizzolato já está no Brasil. Ele desembarcou no Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo, agora a pouco. O executivo viajou da Itália para o Brasil escoltado por três policiais federais e uma médica.

Pizzolato segue para o Instituto Médico Legal (IML), ainda no aeroporto, para fazer exame de corpo delito e outros procedimentos e, depois, será levado a Brasília, para a Papuda, onde vai cumprir o restante da pena de 12 anos e 7 meses de prisão a que foi condenado por envolvimento no Mensalão.

Henrique Pizzolato estava na Itália desde 2013, para onde fugiu tentando evitar a prisão, depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) o condenou por corrupção passiva, peculato e lavagem de dinheiro. Ele usou o passaporte falso de um irmão morto para não ser preso no Brasil.

O ex-diretor teve o nome incluído na lista de procurados internacionais da Interpol. Em 2014, Pizzolato foi preso em Maramelo por porte de documento falso. Ele estava escondido na casa de um sobrinho.

A extradição de Henrique Pizzolato foi autorizada em fevereiro deste ano, depois de o Brasil recorrer da decisão italiana de soltá-lo. Em setembro, o ex-diretor do Banco do Brasil recorreu ao Conselho de Estado italiano, alegando que os direitos humanos não são respeitados no Brasil. Esse recurso também foi rejeitado e, a partir daí, a extradição pôde ser efetivada.

 

 

Brasília - O ex-diretor do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, acaba de chegar em Brasília, onde vai começar a cumprir pena com mais de dois anos de atraso (José Cruz/Agência Brasil)
Brasília – O ex-diretor do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, acaba de chegar em Brasília, onde vai começar a cumprir pena com mais de dois anos de atraso (José Cruz/Agência Brasil)
Brasília - O ex-diretor do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, acaba de chegar em Brasília, onde vai começar a cumprir pena com mais de dois anos de atraso (José Cruz/Agência Brasil)
Brasília – O ex-diretor do Banco do Brasil, Henrique Pizzolato, acaba de chegar em Brasília, onde vai começar a cumprir pena com mais de dois anos de atraso (José Cruz/Agência Brasil)
Brasília - O ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolatto, chega ao IML, onde passou por exames, e seguiu para o Complexo Penitenciário da Papuda, onde vai cumprir pena (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Brasília – O ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolatto, chega ao IML, onde passou por exames, e seguiu para o Complexo Penitenciário da Papuda, onde vai cumprir pena (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Brasília - O ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolatto, chega ao IML, onde passou por exames, e seguiu para o Complexo Penitenciário da Papuda, onde vai cumprir pena (Antonio Cruz/Agência Brasil)
Brasília – O ex-diretor de Marketing do Banco do Brasil, Henrique Pizzolatto, chega ao IML, onde passou por exames, e seguiu para o Complexo Penitenciário da Papuda, onde vai cumprir pena (Antonio Cruz/Agência Brasil)

 

 

 

Deixe uma resposta

Top