You are here
Home > Notícias

Governo Alckmin estuda privatizar dois monotrilhos de SP

São Paulo- SP, Brasil- O governo de São Paulo estuda privatizar a operação dos dois monotrilhos da capital. A Folha apurou que a ideia é terminar as obras iniciadas e conceder à iniciativa privada as linhas 15-prata, na zona leste da cidade, e a 17-ouro, na zona sul.Entre os modelos em estudo está o pagamento de um valor por passageiro a uma concessionária em troca da operação, como na linha 4-amarela do metrô. Além disso, a empresa também pode ficar responsável por comprar novos trens, por exemplo.Na gestão Geraldo Alckmin (PSDB), a privatização é bem vista porque evitaria a contratação de mais funcionários e aliviaria o caixa do Estado.A medida é apontada como solução para levantar a verba necessária à conclusão das duas linhas, que tiveram metade dos trajetos prometidos congelados pelo governo —sem definição sobre se, e quando, serão executados. A concessão, que já foi anunciada para a linha 5-lilás, também enfraquece o Sindicato dos Metroviários, considerado “grevista” pela gestão. Funcionários de concessionárias não são representados pela entidade, que é contra as privatizações.

Foi realizada na manhã de sexta-feira (10) uma viagem experimental do monotrilho da linha 15 Prata do Metrô de São Paulo. Foram percorridos 600 metros entre a futura estação Oratório e o Pátio Oratório. DATA: 10/01/2014 LOCAL: São Paulo/SP  FOTO: GUILHERME LARA CAMPOS/A2 FOTOGRAFIA

FOTO: GUILHERME LARA CAMPOS/A2 FOTOGRAFIA

 

 

 

 

Deixe uma resposta

Top