You are here
Home > Notícias

Após visita ao Camelódromo, prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, marca reunião com comerciantes para amanhã (12/10)

Um incêndio na madrugada deste domingo (11) queimou cerca de 180 boxes no camelódromo da Rua Uruguaiana, no centro do Rio de Janeiro. Os bombeiros trabalharam com rapidez e impediram que as chamas consumissem mais lojas.

Por causa do fogo, aproximadamente 800 pessoas vão ficar sem trabalho nas próximas semanas, até a liberação e reconstrução do espaço, informou do o presidente da Associação dos Comerciantes e Ambulantes do Centro, João Lopes. “O prejuízo é incalculável. Tivemos destruição de 180 a 200 boxes. São de três a quatro pessoas trabalhando em cada box”, informou Lopes.

Ele defendeu a concretização de um projeto de reforma em todo o espaço, construindo as lojas em tijolo, com dois andares, como foi feito no camelódromo atrás da Central do Brasil, após incêndio que ocorreu no local. Segundo a prefeitura, foram atingidos mais de 150 boxes.

“Estamos buscando fazer um trabalho de revitalização, para acabar com esses problemas. Já temos um projeto para fazer um minishopping de dois andares. Seria a solução para o nosso camelódromo. Queremos partir para isso no próximo ano”, afirmou Lopes. Com a modernização do camelódromo, o local contaria com equipamentos modernos e eficientes de combate a incêndios.

Entre as famílias que ficaram sem mercadoria e sem trabalho, está a da comerciante Emanuele Vidal. “Vamos tentar reerguer o nosso comércio para vender para o Natal. Somos honestos e trabalhadores, mas como vamos fazer? Já estamos devendo para alguns fornecedores, é difícil”, lamentou Emanuele, que trabalha com o pai e uma irmã no local, vendendo camisetas de escolas de samba e artigos para turistas.

Os boxes afetados estavam localizados no setor D do Camelódromo e  já haviam sido catalogados pela Secretaria de Ordem Pública (Seop).  “A ação  rápida dos bombeiros impediu que tivéssemos uma tragédia maior. Mais de 150 boxes  sofreram com o incêndio, o que representa cerca de 10% de todo o camelódromo. É uma perda, sem dúvida. Dos que foram atingidos quase não sobrou nada. Mas a maior parte já vai poder voltar a funcionar na terça-feira”. Paes disse ainda que a intenção da Prefeitura do Rio é colaborar  na reconstrução dos boxes e devolver o equipamento o mais rápido possível para a população. “Este é um equipamento importante para a cidade”. Prefeito aproveitou para destacar que o momento deve servir como oportunidade para que os comerciantes se reúnam em uma única  associação.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, esteve no local e marcou para esta segunda-feira (12), às 8h, uma reunião em seu gabinete, com uma comissão dos camelôs. O secretário de Coordenação de Governo, Pedro Paulo, também esteve no camelódromo, mas não quis falar sobre o projeto dos comerciantes para revitalização da área.

 

Rio de Janeiro- RJ- Brasil- 11/10/2015- O prefeito Eduardo Paes esteve na manhã deste domingo (11/10) no Camelódromo da Uruguaiana para conversar com comerciantes afetados pelo incêndio que atingiu mais de 150 boxes nesta madrugada. Paes marcou  uma reunião com representantes das associações para esta segunda-feira, dia 12, às 8h, na sede da Prefeitura do Rio, na Cidade Nova.  Os boxes afetados estavam localizados no setor D do Camelódromo e  já haviam sido catalogados pela Secretaria de Ordem Pública (Seop).  "A ação  rápida dos bombeiros impediu que tivéssemos uma tragédia maior. Mais de 150 boxes  sofreram com o incêndio, o que representa cerca de 10% de todo o camelódromo. É uma perda, sem dúvida. Dos que foram atingidos quase não sobrou nada. Mas a maior parte já vai poder voltar a funcionar na terça-feira". Paes disse ainda que a intenção da Prefeitura do Rio é colaborar  na reconstrução dos boxes e devolver o equipamento o mais rápido possível para a população. "Este é um equipamento importante para a cidade". Prefeito aproveitou para destacar que o momento deve servir como oportunidade para que os comerciantes se reúnam em uma única  associação.  Foto: Beth Santos/ PCRJ

Foto: Beth Santos/ PCRJ
Rio de Janeiro- RJ- Brasil- 11/10/2015- O prefeito Eduardo Paes esteve na manhã deste domingo (11/10) no Camelódromo da Uruguaiana para conversar com comerciantes afetados pelo incêndio que atingiu mais de 150 boxes nesta madrugada. Paes marcou  uma reunião com representantes das associações para esta segunda-feira, dia 12, às 8h, na sede da Prefeitura do Rio, na Cidade Nova.  Os boxes afetados estavam localizados no setor D do Camelódromo e  já haviam sido catalogados pela Secretaria de Ordem Pública (Seop).  "A ação  rápida dos bombeiros impediu que tivéssemos uma tragédia maior. Mais de 150 boxes  sofreram com o incêndio, o que representa cerca de 10% de todo o camelódromo. É uma perda, sem dúvida. Dos que foram atingidos quase não sobrou nada. Mas a maior parte já vai poder voltar a funcionar na terça-feira". Paes disse ainda que a intenção da Prefeitura do Rio é colaborar  na reconstrução dos boxes e devolver o equipamento o mais rápido possível para a população. "Este é um equipamento importante para a cidade". Prefeito aproveitou para destacar que o momento deve servir como oportunidade para que os comerciantes se reúnam em uma única  associação.  Foto: Beth Santos/ PCRJ

Foto: Beth Santos/ PCRJ

 

 

 

Deixe uma resposta

Top