You are here
Home > Notícias

Navio cargueiro afunda com 5.000 bois em porto do Pará

Segundo a Capitania dos Portos da Amazônia Oriental, às 8h, o órgão recebeu o pedido de socorro. Quando a equipe chegou ao local, a embarcação já havia afundado. Ainda não se sabe o que ocasionou o acidente.

A Marinha informou que não há informações sobre tripulantes feridos ou mortos, como também não há registro de poluição das águas.

A população ribeirinha e estivadores do porto ajudam no resgate dos animais retirando-os pela lateral do compartimento carga do navio. Segundo trabalhadores do porto, os animais estão morrendo afogados porque não há número suficiente de pessoas para ajudar no resgate.

A Marinha disse que o resgate é de responsabilidade do exportador da carga. O nome dele não foi informado.

Segundo relatos de estivadores, o navio apresentou problemas logo depois que os bois foram colocados no compartimento de carga. A embarcação tombou em direção ao cais, ficou com uma das laterais presa no solo por cerca de duas horas e depois afundou.

Uma equipe do Grupo de Vistoria e Inspeção da Capitania dos Portos está realizando perícia no navio para apurar as causas no naufrágio. Os trabalhos são acompanhados pelo Capitão dos Portos do Pará, capitão de mar e guerra Aristides Carvalho Neto.

A Capitania dos Portos informou que vai instaurar inquérito para saber o que ocasionou o acidente. O prazo de conclusão é de 90 dias.

 

A Adepará informa ainda que, em casos de transporte de bovinos vivos, tem o papel de garantir a certificação sanitária dos animais na propriedade de origem até os portos, conforme os códigos sanitários internacionais. Porém, com o ocorrido, imediatamente foram formadas equipes para trabalhar de forma conjunta, inclusive articulando para que os animais recuperados sem vida sejam devidamente incinerados. FOTO: WALRIMAR SANTOS / ASCOM POLÍCIA CIVIL DATA: 06.10.2015 BARCARENA - PARÁ
A Adepará informa ainda que, em casos de transporte de bovinos vivos, tem o papel de garantir a certificação sanitária dos animais na propriedade de origem até os portos, conforme os códigos sanitários internacionais. Porém, com o ocorrido, imediatamente foram formadas equipes para trabalhar de forma conjunta, inclusive articulando para que os animais recuperados sem vida sejam devidamente incinerados.
FOTO: WALRIMAR SANTOS / ASCOM POLÍCIA CIVIL
DATA: 06.10.2015
BARCARENA – PARÁ
Por volta das 8h, no Complexo do Porto de Vila do Conde, área de responsabilidade da Companhia das Docas do Pará (CDP), ocorreu um acidente com o navio Haidar, que transportava cerca de cinco mil bois para o Líbano, no Oriente Médio. Informações preliminares dizem que a embarcação adernou após uma manobra equivocada e em seguida naufragou. FOTO: WALRIMAR SANTOS / ASCOM POLÍCIA CIVIL DATA: 06.10.2015 BARCARENA - PARÁ
Por volta das 8h, no Complexo do Porto de Vila do Conde, área de responsabilidade da Companhia das Docas do Pará (CDP), ocorreu um acidente com o navio Haidar, que transportava cerca de cinco mil bois para o Líbano, no Oriente Médio. Informações preliminares dizem que a embarcação adernou após uma manobra equivocada e em seguida naufragou.
FOTO: WALRIMAR SANTOS / ASCOM POLÍCIA CIVIL
DATA: 06.10.2015
BARCARENA – PARÁ
06/10/2015- Um navio cargueiro de bandeira libanesa que transportava 5.000 bois tombou e afundou no cais do porto de Vila do Conde, município de Barcarena, nordeste do Pará, na manhã desta terça-feira. Segundo a Capitania dos Portos, às 8h, o órgão recebeu o pedido de socorro e quando equipe chegou ao local a embarcação havia afundando. Ainda não se sabe o que ocasionou o acidente Heverton Almeida / Divulgação Internauta
06/10/2015- Um navio cargueiro de bandeira libanesa que transportava 5.000 bois tombou e afundou no cais do porto de Vila do Conde, município de Barcarena, nordeste do Pará, na manhã desta terça-feira. Segundo a Capitania dos Portos, às 8h, o órgão recebeu o pedido de socorro e quando equipe chegou ao local a embarcação havia afundando. Ainda não se sabe o que ocasionou o acidente Heverton Almeida / Divulgação Internauta
06/10/2015- Um navio cargueiro de bandeira libanesa que transportava 5.000 bois tombou e afundou no cais do porto de Vila do Conde, município de Barcarena, nordeste do Pará, na manhã desta terça-feira. Segundo a Capitania dos Portos, às 8h, o órgão recebeu o pedido de socorro e quando equipe chegou ao local a embarcação havia afundando. Ainda não se sabe o que ocasionou o acidente Heverton Almeida / Divulgação Internauta
06/10/2015- Um navio cargueiro de bandeira libanesa que transportava 5.000 bois tombou e afundou no cais do porto de Vila do Conde, município de Barcarena, nordeste do Pará, na manhã desta terça-feira. Segundo a Capitania dos Portos, às 8h, o órgão recebeu o pedido de socorro e quando equipe chegou ao local a embarcação havia afundando. Ainda não se sabe o que ocasionou o acidente Heverton Almeida / Divulgação Internauta

 

 

 

Deixe uma resposta

Top