You are here
Home > Notícias

Bombardeio atinge hospital do Médicos Sem Fronteiras no Afeganistão

Konduz, Afeganistão- Um bombardeio atingiu neste sábado (3) um hospital da organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) em Kunduz, no norte do Afeganistão, matando pelo menos 9 integrantes do grupo, informou a ONG em comunicado. Outras 37 pessoas ficaram feridas entre elas 19 funcionários da organização.O MSF disse em nota que todas as partes envolvidas no conflito no país foram informadas sobre a localização precisa de seu hospital e de outras instalações do grupo. Ainda de acordo com o MSF, o bombardeio continuou por 30 minutos mesmo após militares dos EUA e afegães terem sido informados sobre o ataque.

 

03/10/2015-  Konduz, Afeganistão- Um bombardeio atingiu neste sábado (3) um hospital da organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) em Kunduz, no norte do Afeganistão, matando pelo menos 9 integrantes do grupo, informou a ONG em comunicado. Outras 37 pessoas ficaram feridas - entre elas 19 funcionários da organização.O MSF disse em nota que todas as partes envolvidas no conflito no país foram informadas sobre a localização precisa de seu hospital e de outras instalações do grupo. Ainda de acordo com o MSF, o bombardeio continuou por 30 minutos mesmo após militares dos EUA e afegães terem sido informados sobre o ataque.

03/10/2015-  Konduz, Afeganistão- Um bombardeio atingiu neste sábado (3) um hospital da organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) em Kunduz, no norte do Afeganistão, matando pelo menos 9 integrantes do grupo, informou a ONG em comunicado. Outras 37 pessoas ficaram feridas - entre elas 19 funcionários da organização.O MSF disse em nota que todas as partes envolvidas no conflito no país foram informadas sobre a localização precisa de seu hospital e de outras instalações do grupo. Ainda de acordo com o MSF, o bombardeio continuou por 30 minutos mesmo após militares dos EUA e afegães terem sido informados sobre o ataque.

03/10/2015-  Konduz, Afeganistão- Um bombardeio atingiu neste sábado (3) um hospital da organização Médicos Sem Fronteiras (MSF) em Kunduz, no norte do Afeganistão, matando pelo menos 9 integrantes do grupo, informou a ONG em comunicado. Outras 37 pessoas ficaram feridas - entre elas 19 funcionários da organização.O MSF disse em nota que todas as partes envolvidas no conflito no país foram informadas sobre a localização precisa de seu hospital e de outras instalações do grupo. Ainda de acordo com o MSF, o bombardeio continuou por 30 minutos mesmo após militares dos EUA e afegães terem sido informados sobre o ataque.

 

 

Foto: Doctors Without Borders – MSF

 

 

Deixe uma resposta

Top