You are here
Home > Turismo

Rio Negro (AM), por Juca Varella

Manaus- AM, Brasil- O rio Negro é o maior afluente da margem esquerda do rio Amazonas e uma das principais conexões entre Manaus e o restante do Estado do Amazonas.

 

É o segundo maior rio do mundo em volume de água, perdendo somente para o Rio Amazonas, do qual é contribuinte. Seu volume de água é altamente influenciado pelo derretimento das geleiras dos Andes, que faz suas margens e zonas de inundação variarem de cerca de 30 km até mais de 600 km.

MANAUS (AM), FEVEREIRO DE 2003 -  OLHARES DO BRASIL - RIO NEGRO  -  O rio Negro é o maior afluente da margem esquerda do rio Amazonas e uma das principais conexões entre Manaus e o restante do Estado do Amazonas.  É o segundo maior rio do mundo em volume de água, perdendo somente para o Rio Amazonas, do qual é contribuinte. Seu volume de água é altamente influenciado pelo derretimento das geleiras dos Andes, que faz suas margens e zonas de inundação variarem de cerca de 30 km até mais de 600 km.   Na Colômbia, onde tem a sua nascente, é chamado de rio Guainia e é  navegável por 720 quilômetros acima de sua foz.   Foto: Juca Varella/FOTOS PÚBLICAS

MANAUS (AM), FEVEREIRO DE 2003 -  OLHARES DO BRASIL - RIO NEGRO  -  O rio Negro é o maior afluente da margem esquerda do rio Amazonas e uma das principais conexões entre Manaus e o restante do Estado do Amazonas.  É o segundo maior rio do mundo em volume de água, perdendo somente para o Rio Amazonas, do qual é contribuinte. Seu volume de água é altamente influenciado pelo derretimento das geleiras dos Andes, que faz suas margens e zonas de inundação variarem de cerca de 30 km até mais de 600 km.   Na Colômbia, onde tem a sua nascente, é chamado de rio Guainia e é  navegável por 720 quilômetros acima de sua foz.   Foto: Juca Varella/FOTOS PÚBLICAS

MANAUS (AM), FEVEREIRO DE 2003 -  OLHARES DO BRASIL - RIO NEGRO  -  O rio Negro é o maior afluente da margem esquerda do rio Amazonas e uma das principais conexões entre Manaus e o restante do Estado do Amazonas.  É o segundo maior rio do mundo em volume de água, perdendo somente para o Rio Amazonas, do qual é contribuinte. Seu volume de água é altamente influenciado pelo derretimento das geleiras dos Andes, que faz suas margens e zonas de inundação variarem de cerca de 30 km até mais de 600 km.   Na Colômbia, onde tem a sua nascente, é chamado de rio Guainia e é  navegável por 720 quilômetros acima de sua foz.   Foto: Juca Varella/FOTOS PÚBLICAS

MANAUS (AM), FEVEREIRO DE 2003 -  OLHARES DO BRASIL - RIO NEGRO  -  O rio Negro é o maior afluente da margem esquerda do rio Amazonas e uma das principais conexões entre Manaus e o restante do Estado do Amazonas.  É o segundo maior rio do mundo em volume de água, perdendo somente para o Rio Amazonas, do qual é contribuinte. Seu volume de água é altamente influenciado pelo derretimento das geleiras dos Andes, que faz suas margens e zonas de inundação variarem de cerca de 30 km até mais de 600 km.   Na Colômbia, onde tem a sua nascente, é chamado de rio Guainia e é  navegável por 720 quilômetros acima de sua foz.   Foto: Juca Varella/FOTOS PÚBLICAS

MANAUS (AM), FEVEREIRO DE 2003 -  OLHARES DO BRASIL - RIO NEGRO  -  O rio Negro é o maior afluente da margem esquerda do rio Amazonas e uma das principais conexões entre Manaus e o restante do Estado do Amazonas.  É o segundo maior rio do mundo em volume de água, perdendo somente para o Rio Amazonas, do qual é contribuinte. Seu volume de água é altamente influenciado pelo derretimento das geleiras dos Andes, que faz suas margens e zonas de inundação variarem de cerca de 30 km até mais de 600 km.   Na Colômbia, onde tem a sua nascente, é chamado de rio Guainia e é  navegável por 720 quilômetros acima de sua foz.   Foto: Juca Varella/FOTOS PÚBLICAS

MANAUS (AM), FEVEREIRO DE 2003 -  OLHARES DO BRASIL - RIO NEGRO  -  O rio Negro é o maior afluente da margem esquerda do rio Amazonas e uma das principais conexões entre Manaus e o restante do Estado do Amazonas.  É o segundo maior rio do mundo em volume de água, perdendo somente para o Rio Amazonas, do qual é contribuinte. Seu volume de água é altamente influenciado pelo derretimento das geleiras dos Andes, que faz suas margens e zonas de inundação variarem de cerca de 30 km até mais de 600 km.   Na Colômbia, onde tem a sua nascente, é chamado de rio Guainia e é  navegável por 720 quilômetros acima de sua foz.   Foto: Juca Varella/FOTOS PÚBLICAS

MANAUS (AM), FEVEREIRO DE 2003 -  OLHARES DO BRASIL - RIO NEGRO  -  O rio Negro é o maior afluente da margem esquerda do rio Amazonas e uma das principais conexões entre Manaus e o restante do Estado do Amazonas.  É o segundo maior rio do mundo em volume de água, perdendo somente para o Rio Amazonas, do qual é contribuinte. Seu volume de água é altamente influenciado pelo derretimento das geleiras dos Andes, que faz suas margens e zonas de inundação variarem de cerca de 30 km até mais de 600 km.   Na Colômbia, onde tem a sua nascente, é chamado de rio Guainia e é  navegável por 720 quilômetros acima de sua foz.   Foto: Juca Varella/FOTOS PÚBLICAS

MANAUS (AM), FEVEREIRO DE 2003 -  OLHARES DO BRASIL - RIO NEGRO  -  O rio Negro é o maior afluente da margem esquerda do rio Amazonas e uma das principais conexões entre Manaus e o restante do Estado do Amazonas.  É o segundo maior rio do mundo em volume de água, perdendo somente para o Rio Amazonas, do qual é contribuinte. Seu volume de água é altamente influenciado pelo derretimento das geleiras dos Andes, que faz suas margens e zonas de inundação variarem de cerca de 30 km até mais de 600 km.   Na Colômbia, onde tem a sua nascente, é chamado de rio Guainia e é  navegável por 720 quilômetros acima de sua foz.   Foto: Juca Varella/FOTOS PÚBLICAS

MANAUS (AM), FEVEREIRO DE 2003 -  OLHARES DO BRASIL - RIO NEGRO  -  O rio Negro é o maior afluente da margem esquerda do rio Amazonas e uma das principais conexões entre Manaus e o restante do Estado do Amazonas.  É o segundo maior rio do mundo em volume de água, perdendo somente para o Rio Amazonas, do qual é contribuinte. Seu volume de água é altamente influenciado pelo derretimento das geleiras dos Andes, que faz suas margens e zonas de inundação variarem de cerca de 30 km até mais de 600 km.   Na Colômbia, onde tem a sua nascente, é chamado de rio Guainia e é  navegável por 720 quilômetros acima de sua foz.   Foto: Juca Varella/FOTOS PÚBLICAS

MANAUS (AM), FEVEREIRO DE 2003 -  OLHARES DO BRASIL - RIO NEGRO  -  O rio Negro é o maior afluente da margem esquerda do rio Amazonas e uma das principais conexões entre Manaus e o restante do Estado do Amazonas.  É o segundo maior rio do mundo em volume de água, perdendo somente para o Rio Amazonas, do qual é contribuinte. Seu volume de água é altamente influenciado pelo derretimento das geleiras dos Andes, que faz suas margens e zonas de inundação variarem de cerca de 30 km até mais de 600 km.   Na Colômbia, onde tem a sua nascente, é chamado de rio Guainia e é  navegável por 720 quilômetros acima de sua foz.   Foto: Juca Varella/FOTOS PÚBLICAS
Foto: Juca Varella

Deixe uma resposta

Top