You are here
Home > Notícias

Fábrica de Oskar Schindler

Saiba melhor como era a vida na Cracóvia durante a guerra, na fábrica que ficou famosa pelo filme de Hollywood, a Lista de Schindler.

A Fábrica de Oskar Schindler é um museu em movimento, localizado no centro da Cracóvia e dedicado a dar informações sobre a situação das famílias judaicas durante o Holocausto. Ouça trechos de propagandas nazistas no rádio e imagine como era ser um dos trabalhadores judeus na Fábrica de Oskar Schindler na Cracóvia, durante a guerra. Leia trechos de cartas e diários. As fotos e as reconstruções de cenas da vida diária ajudam a criar uma imagem realista de como teria sido a vida para muitas famílias na Polônia.

A Fábrica de Oskar Schindler tornou-se museu em junho de 2010. A fábrica ficou famosa com o filme vencedor do Oscar e dirigido por Steven Spielberg, a Lista de Schindler. Durante a Segunda Guerra Mundial, a sede da empresa de produtos esmaltados, de Oskar Schindler, era aqui. O empresário ganhou muito dinheiro e decidiu salvar as vidas de mais de 1.200 judeus, fazendo-os trabalhar. O museu tem como foco a ocupação nazista na Cracóvia.

Explore a fábrica, seguindo a rota indicada por placas, através das diferentes exposições. Dê uma olhada em um salão de cabeleireiro ou em um apartamento típico, ou veja ainda os tipos de bairros pequenos, onde algumas famílias, às vezes, eram obrigadas a viver. Descubra como eram as vidas dos trabalhadores e a vida na fábrica, por meio de várias reconstruções, fotos e descrições em primeira mão. Visite o escritório de Schindler, com sua mesa diante de um grande armário de vidro cheio de produtos esmaltados.

Assista a um documentário e a um filme histórico sobre a guerra, na sala de cinema do museu. Muitos dos objetos e das áreas da fábrica podem ser reconhecidos no filme de Hollywood.

A Fábrica de Oskar Schindler localiza-se no bairro industrial de Zablocie, na Cracóvia. Fica a menos de 3 quilômetros a sudeste da região da Cidade Velha (Stare Miasto). Há pontos de ônibus e bondes por perto. O museu abre todos os dias, mas com horário reduzido às segundas-feiras. Fecha na primeira segunda-feira de cada mês. É necessário pagar uma taxa de entrada.

21/07/2015- Cracóvia-  Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.  A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.
21/07/2015- Cracóvia- Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.
A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.

21/07/2015- Cracóvia-  Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.  A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.

21/07/2015- Cracóvia-  Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.  A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.

21/07/2015- Cracóvia-  Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.  A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.

21/07/2015- Cracóvia-  Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.  A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.

21/07/2015- Cracóvia-  Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.  A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.

21/07/2015- Cracóvia-  Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.  A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.

21/07/2015- Cracóvia-  Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.  A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.

21/07/2015- Cracóvia-  Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.  A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.

21/07/2015- Cracóvia-  Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.  A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.

21/07/2015- Cracóvia-  Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.  A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.

21/07/2015- Cracóvia-  Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.  A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.

21/07/2015- Cracóvia-  Uma antiga fábrica de utensílios de cozinha tornou-se atração turística na cidade de Cracóvia, na Polônia. Mas não se trata de uma fábrica qualquer. O estabelecimento pertenceu a Oskar Schindler e foi ali que o cineasta Steven Spielberg filmou A lista de Schindler, em 1993. As instalações fabris foram recentemente transformadas em museu e o cenário do longa-metragem dedicado ao industrial alemão que protegeu centenas de judeus durante o Holocausto agora está aberto para visitação pública.  A primeira exposição permanente mostra como era a vida na cidade antes e durante a ocupação nazista, entre 1939 e 1945. Inclui também uma mostra sobre a biografia de Schindler e de seus 1.200 funcionários judeus que escaparam dos campos de concentração. Por meio de fotos, documentos e móveis originais, painéis de parede em tamanho natural e telas multimídia com recursos visuais e acústicos, o visitante é transportado para os tempos da guerra.

Deixe uma resposta

Top