You are here
Home > Notícias

Servidores do Judiciário protestam na Praça dos Três Poderes

Servidores do Judiciário voltaram a protestar nesta quinta-feira (16) contra a possibilidade de a presidente Dilma Rousseff vetar o aumento de até 78% para a categoria aprovado pelo Congresso. Desde o início da tarde, cerca de mil pessoas, segundo a Polícia Militar, manifestam em frente aoPalácio do Planalto pedindo que a petista sancione o projeto que reestrutura a carreira dos funcionários dos tribunais de justiça. O prazo para o veto termina no próximo dia 21.

Palácio do Planalto tem segurança reforçada em virtude da manifestação do Sindijus na Praça dos Três Poderes (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Palácio do Planalto tem segurança reforçada em virtude da manifestação do Sindijus na Praça dos Três Poderes (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Palácio do Planalto tem segurança reforçada em virtude da manifestação do Sindijus na Praça dos Três Poderes (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Palácio do Planalto tem segurança reforçada em virtude da manifestação do Sindijus na Praça dos Três Poderes (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Palácio do Planalto tem segurança reforçada em virtude da manifestação do Sindijus na Praça dos Três Poderes (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Palácio do Planalto tem segurança reforçada em virtude da manifestação do Sindijus na Praça dos Três Poderes (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Palácio do Planalto tem segurança reforçada em virtude da manifestação do Sindijus na Praça dos Três Poderes (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Palácio do Planalto tem segurança reforçada em virtude da manifestação do Sindijus na Praça dos Três Poderes (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Palácio do Planalto tem segurança reforçada em virtude da manifestação do Sindijus na Praça dos Três Poderes (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Palácio do Planalto tem segurança reforçada em virtude da manifestação do Sindijus na Praça dos Três Poderes (Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)

Deixe uma resposta

Top