You are here
Home > Notícias

Tornado durante a madrugada deixa destruição e feridos no Paraná

Uma pequena comunidade chamada “Km 8”, localizada na zona rural de Francisco Beltrão, no Sudoeste do Paraná, ficou completamente destruída na noite desta segunda-feira (13), após a passagem de um tornado na região.

Segundo o Simepar, fortes tempestades avançaram pelo sudoeste do Paraná na noite desta segunda. Uma delas, em especial, se destacou. Uma supercélula ganhou força em Bela Vista da Carobá por volta das 18h10min. A tempestade avançou por Ampere e às 18h30 chegou no oeste de Francisco Beltrão, com intensidade compatível a tempestade extrema.

Entre 18h45 e 18h53 o mesociclone estava configurado e, nesta tempestade, um tornado atingiu a zona rural de Francisco Beltrão. Conforme o Radar Meteorológico do Simepar de Cascavel as rajadas de vento estimadas chegaram a 120 km/h por volta das 18h50min em Francisco Beltrão.

A tormenta arrasou casas, arrancou árvores e destruiu veículos, incluindo um caminhão, que foi arrastado por muitos metros.

A denominação do evento tornado em  Francisco Beltrão foi definida com base na análise dos dados do radar Meteorológico do Simepar de Cascavel, assim como o auxílio da Defesa Civil Estadual e relatos e fotos da população. É importante salientar que não é necessário que seja um tornado  para que uma tempestade esteja associada a destruição. Outras formações podem ser tão intensas quanto essas (linhas de instabilidades, microexplosões…)

A elevada possibilidade para eventos extremos de tempestades na noite de 13 de julho já havia sido prevista com antecedência de dias pelo Simepar, e alertas foram emitidos em tempo hábil aos órgãos responsáveis para que o pronto atendimento fosse o mais breve possível.

Felizmente, o tornado não ocorre com frequência na nossa climatologia, mas eventos como esses começam a  ser melhor identificados e até denominados, com o auxilio do radar meteorológico de Cascavel, em atividade a 1 ano e meio.

O radar de Cascavel vem contribuindo no monitoramento e alertas de curto prazo a metade oeste do Estado, região que é a porta de entrada no tempestades severas no Paraná e que, junto com o noroeste do RS e oeste de SC, apresentam frequência em eventos extremos em todos os períodos do ano.

Francisco Beltrão- PR- Brasil- 14/07/2014- O tornado que atingiu Francisco Beltrão na noite de segunda-feira (13) deixou pelo menos R$ 5 milhões de prejuízo no interior do município, segundo levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Rural. Os estragos foram causados na comunidade de KM 8 e também Linha Hobold, onde pelo menos 25 propriedades rurais foram atingidas. Aviários, estrebarias, residências e plantações foram afetadas pelos fortes ventos, que segundo o Simepar, chegaram a 120 km/h. Em uma única propriedade, uma área de reflorestamento foi devastada, causando prejuízo de R$ 1,2 milhão; em outra, o tornado levou ao chão dois aviários, causando a morte de 60 mil pintinhos e cerca de R$ 800 mil de prejuízo. Danos ao patrimônio público – como escolas, creches e estradas – não foram registrados, apesar de o tornado também ter atingido 76 casas na cidade. Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Exército e equipes da Prefeitura estão de plantão para auxiliar as famílias afetadas desde a madrugada. Na tarde desta terça-feira (14), o prefeito Antonio Cantelmo Neto, que cancelou viagem que faria à Brasilia para acompanhar os trabalhos de socorro aos atingidos, autorizou a compra de duas mil telhas para suprir a demanda de moradores da cidade. A Prefeitura também auxilia os agricultores afetados pelo temporal e ainda está quantificando os prejuízos econômicos causados pela intempérie para definir o decreto de emergência, que deve correr nesta quarta. Foto: Leandro Czerniaski/ Imprensa PMFB

Foto: Leandro Czerniaski/ Imprensa PMFB
Francisco Beltrão- PR- Brasil- 14/07/2014- O tornado que atingiu Francisco Beltrão na noite de segunda-feira (13) deixou pelo menos R$ 5 milhões de prejuízo no interior do município, segundo levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Rural. Os estragos foram causados na comunidade de KM 8 e também Linha Hobold, onde pelo menos 25 propriedades rurais foram atingidas. Aviários, estrebarias, residências e plantações foram afetadas pelos fortes ventos, que segundo o Simepar, chegaram a 120 km/h. Em uma única propriedade, uma área de reflorestamento foi devastada, causando prejuízo de R$ 1,2 milhão; em outra, o tornado levou ao chão dois aviários, causando a morte de 60 mil pintinhos e cerca de R$ 800 mil de prejuízo. Danos ao patrimônio público – como escolas, creches e estradas – não foram registrados, apesar de o tornado também ter atingido 76 casas na cidade. Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Exército e equipes da Prefeitura estão de plantão para auxiliar as famílias afetadas desde a madrugada. Na tarde desta terça-feira (14), o prefeito Antonio Cantelmo Neto, que cancelou viagem que faria à Brasilia para acompanhar os trabalhos de socorro aos atingidos, autorizou a compra de duas mil telhas para suprir a demanda de moradores da cidade. A Prefeitura também auxilia os agricultores afetados pelo temporal e ainda está quantificando os prejuízos econômicos causados pela intempérie para definir o decreto de emergência, que deve correr nesta quarta. Foto: Leandro Czerniaski/ Imprensa PMFB

Foto: Leandro Czerniaski/ Imprensa PMFB
Francisco Beltrão- PR- Brasil- 14/07/2014- O tornado que atingiu Francisco Beltrão na noite de segunda-feira (13) deixou pelo menos R$ 5 milhões de prejuízo no interior do município, segundo levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Rural. Os estragos foram causados na comunidade de KM 8 e também Linha Hobold, onde pelo menos 25 propriedades rurais foram atingidas. Aviários, estrebarias, residências e plantações foram afetadas pelos fortes ventos, que segundo o Simepar, chegaram a 120 km/h. Em uma única propriedade, uma área de reflorestamento foi devastada, causando prejuízo de R$ 1,2 milhão; em outra, o tornado levou ao chão dois aviários, causando a morte de 60 mil pintinhos e cerca de R$ 800 mil de prejuízo. Danos ao patrimônio público – como escolas, creches e estradas – não foram registrados, apesar de o tornado também ter atingido 76 casas na cidade. Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Exército e equipes da Prefeitura estão de plantão para auxiliar as famílias afetadas desde a madrugada. Na tarde desta terça-feira (14), o prefeito Antonio Cantelmo Neto, que cancelou viagem que faria à Brasilia para acompanhar os trabalhos de socorro aos atingidos, autorizou a compra de duas mil telhas para suprir a demanda de moradores da cidade. A Prefeitura também auxilia os agricultores afetados pelo temporal e ainda está quantificando os prejuízos econômicos causados pela intempérie para definir o decreto de emergência, que deve correr nesta quarta. Foto: Leandro Czerniaski/ Imprensa PMFB

Foto: Leandro Czerniaski/ Imprensa PMFB
Francisco Beltrão- PR- Brasil- 14/07/2014- O tornado que atingiu Francisco Beltrão na noite de segunda-feira (13) deixou pelo menos R$ 5 milhões de prejuízo no interior do município, segundo levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Rural. Os estragos foram causados na comunidade de KM 8 e também Linha Hobold, onde pelo menos 25 propriedades rurais foram atingidas. Aviários, estrebarias, residências e plantações foram afetadas pelos fortes ventos, que segundo o Simepar, chegaram a 120 km/h. Em uma única propriedade, uma área de reflorestamento foi devastada, causando prejuízo de R$ 1,2 milhão; em outra, o tornado levou ao chão dois aviários, causando a morte de 60 mil pintinhos e cerca de R$ 800 mil de prejuízo. Danos ao patrimônio público – como escolas, creches e estradas – não foram registrados, apesar de o tornado também ter atingido 76 casas na cidade. Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Exército e equipes da Prefeitura estão de plantão para auxiliar as famílias afetadas desde a madrugada. Na tarde desta terça-feira (14), o prefeito Antonio Cantelmo Neto, que cancelou viagem que faria à Brasilia para acompanhar os trabalhos de socorro aos atingidos, autorizou a compra de duas mil telhas para suprir a demanda de moradores da cidade. A Prefeitura também auxilia os agricultores afetados pelo temporal e ainda está quantificando os prejuízos econômicos causados pela intempérie para definir o decreto de emergência, que deve correr nesta quarta. Foto: Leandro Czerniaski/ Imprensa PMFB

Foto: Leandro Czerniaski/ Imprensa PMFB
Francisco Beltrão- PR- Brasil- 14/07/2014- O tornado que atingiu Francisco Beltrão na noite de segunda-feira (13) deixou pelo menos R$ 5 milhões de prejuízo no interior do município, segundo levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Rural. Os estragos foram causados na comunidade de KM 8 e também Linha Hobold, onde pelo menos 25 propriedades rurais foram atingidas. Aviários, estrebarias, residências e plantações foram afetadas pelos fortes ventos, que segundo o Simepar, chegaram a 120 km/h. Em uma única propriedade, uma área de reflorestamento foi devastada, causando prejuízo de R$ 1,2 milhão; em outra, o tornado levou ao chão dois aviários, causando a morte de 60 mil pintinhos e cerca de R$ 800 mil de prejuízo. Danos ao patrimônio público – como escolas, creches e estradas – não foram registrados, apesar de o tornado também ter atingido 76 casas na cidade. Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Exército e equipes da Prefeitura estão de plantão para auxiliar as famílias afetadas desde a madrugada. Na tarde desta terça-feira (14), o prefeito Antonio Cantelmo Neto, que cancelou viagem que faria à Brasilia para acompanhar os trabalhos de socorro aos atingidos, autorizou a compra de duas mil telhas para suprir a demanda de moradores da cidade. A Prefeitura também auxilia os agricultores afetados pelo temporal e ainda está quantificando os prejuízos econômicos causados pela intempérie para definir o decreto de emergência, que deve correr nesta quarta. Foto: Leandro Czerniaski/ Imprensa PMFB

Foto: Leandro Czerniaski/ Imprensa PMFB
Francisco Beltrão- PR- Brasil- 14/07/2014- O tornado que atingiu Francisco Beltrão na noite de segunda-feira (13) deixou pelo menos R$ 5 milhões de prejuízo no interior do município, segundo levantamento da Secretaria de Desenvolvimento Rural. Os estragos foram causados na comunidade de KM 8 e também Linha Hobold, onde pelo menos 25 propriedades rurais foram atingidas. Aviários, estrebarias, residências e plantações foram afetadas pelos fortes ventos, que segundo o Simepar, chegaram a 120 km/h. Em uma única propriedade, uma área de reflorestamento foi devastada, causando prejuízo de R$ 1,2 milhão; em outra, o tornado levou ao chão dois aviários, causando a morte de 60 mil pintinhos e cerca de R$ 800 mil de prejuízo. Danos ao patrimônio público – como escolas, creches e estradas – não foram registrados, apesar de o tornado também ter atingido 76 casas na cidade. Defesa Civil, Corpo de Bombeiros, Exército e equipes da Prefeitura estão de plantão para auxiliar as famílias afetadas desde a madrugada. Na tarde desta terça-feira (14), o prefeito Antonio Cantelmo Neto, que cancelou viagem que faria à Brasilia para acompanhar os trabalhos de socorro aos atingidos, autorizou a compra de duas mil telhas para suprir a demanda de moradores da cidade. A Prefeitura também auxilia os agricultores afetados pelo temporal e ainda está quantificando os prejuízos econômicos causados pela intempérie para definir o decreto de emergência, que deve correr nesta quarta. Foto: Leandro Czerniaski/ Imprensa PMFB

Foto: Leandro Czerniaski/ Imprensa PMFB

 

Deixe uma resposta

Top