You are here
Home > Notícias

Ginásio Municipal e Casa de Cultura recebem doações para desabrigados

Sem título

 

Os esteienses que quiserem ajudar os desabrigados devido aos alagamentos podem realizar doações de mantimentos, como comida, água, agasalhos, colchões, fraldas infantis e geriátricas e produtos de limpeza e higiene pessoal em dois pontos do Município. A Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya (Rua Padre Felipe, 900, Centro) e o Ginásio Municipal Edgar Piccioni (Rua 24 de Agosto, 3079, Vila Olímpica) são os pontos de recebimento de doações.

Desde a madrugada, mais de 500 pessoas já foram deslocadas para os cinco abrigos distribuídos nas principais regiões afetadas: Três Marias, Jardim das Figueiras, Primavera, Navegantes, Ezequiel e Vila Nova.

Em pouco mais de 24 horas, Esteio registrou 182 mm de precipitação, 20 mm a mais do que o total esperado para o mês de julho inteiro. O volume intenso de chuvas causa transtornos em diversas regiões da cidade e mobiliza equipes de todas as Secretarias Municipais, da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, que prestam auxílio à comunidade nos bairros atingidos desde o final da noite de segunda-feira (13), quando a situação começou a se agravar. Cidadãos voluntários também se somam à força-tarefa.

O agravamento das enchentes, que já atingiam a cidade em menor proporção na tarde de segunda-feira, se deu no final da noite com a continuidade das chuvas e o transbordamento do arroio sobre o dique formado pela Avenida Brasil no trecho em que a obra ainda não está concluída. Moradores em situação de emergência devem contatar a Defesa Civil pelo número 153 ou com o Corpo de Bombeiros, pelo 193. Com a previsão de novos temporais, os efetivos seguem de plantão em toda a cidade.

Esteio- RS- Brasil- 14/07/2015- Os esteienses que quiserem ajudar os desabrigados devido aos alagamentos podem realizar doações de mantimentos, como comida, água, agasalhos, colchões, fraldas infantis e geriátricas e produtos de limpeza e higiene pessoal em dois pontos do Município. A Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya (Rua Padre Felipe, 900, Centro) e o Ginásio Municipal Edgar Piccioni (Rua 24 de Agosto, 3079, Vila Olímpica) são os pontos de recebimento de doações. Desde a madrugada, mais de 500 pessoas já foram deslocadas para os cinco abrigos distribuídos nas principais regiões afetadas: Três Marias, Jardim das Figueiras, Primavera, Navegantes, Ezequiel e Vila Nova. Em pouco mais de 24 horas, Esteio registrou 182 mm de precipitação, 20 mm a mais do que o total esperado para o mês de julho inteiro. O volume intenso de chuvas causa transtornos em diversas regiões da cidade e mobiliza equipes de todas as Secretarias Municipais, da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, que prestam auxílio à comunidade nos bairros atingidos desde o final da noite de segunda-feira (13), quando a situação começou a se agravar. Cidadãos voluntários também se somam à força-tarefa. O agravamento das enchentes, que já atingiam a cidade em menor proporção na tarde de segunda-feira, se deu no final da noite com a continuidade das chuvas e o transbordamento do arroio sobre o dique formado pela Avenida Brasil no trecho em que a obra ainda não está concluída. Moradores em situação de emergência devem contatar a Defesa Civil pelo número 153 ou com o Corpo de Bombeiros, pelo 193. Com a previsão de novos temporais, os efetivos seguem de plantão em toda a cidade. Foto: Michelle Oliveira/ Prefeitura de Esteio

Foto: Michelle Oliveira/ Prefeitura de Esteio
Esteio- RS- Brasil- 14/07/2015- Os esteienses que quiserem ajudar os desabrigados devido aos alagamentos podem realizar doações de mantimentos, como comida, água, agasalhos, colchões, fraldas infantis e geriátricas e produtos de limpeza e higiene pessoal em dois pontos do Município. A Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya (Rua Padre Felipe, 900, Centro) e o Ginásio Municipal Edgar Piccioni (Rua 24 de Agosto, 3079, Vila Olímpica) são os pontos de recebimento de doações. Desde a madrugada, mais de 500 pessoas já foram deslocadas para os cinco abrigos distribuídos nas principais regiões afetadas: Três Marias, Jardim das Figueiras, Primavera, Navegantes, Ezequiel e Vila Nova. Em pouco mais de 24 horas, Esteio registrou 182 mm de precipitação, 20 mm a mais do que o total esperado para o mês de julho inteiro. O volume intenso de chuvas causa transtornos em diversas regiões da cidade e mobiliza equipes de todas as Secretarias Municipais, da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, que prestam auxílio à comunidade nos bairros atingidos desde o final da noite de segunda-feira (13), quando a situação começou a se agravar. Cidadãos voluntários também se somam à força-tarefa. O agravamento das enchentes, que já atingiam a cidade em menor proporção na tarde de segunda-feira, se deu no final da noite com a continuidade das chuvas e o transbordamento do arroio sobre o dique formado pela Avenida Brasil no trecho em que a obra ainda não está concluída. Moradores em situação de emergência devem contatar a Defesa Civil pelo número 153 ou com o Corpo de Bombeiros, pelo 193. Com a previsão de novos temporais, os efetivos seguem de plantão em toda a cidade. Foto: Michelle Oliveira/ Prefeitura de Esteio

Foto: Michelle Oliveira/ Prefeitura de Esteio
Esteio- RS- Brasil- 14/07/2015- Os esteienses que quiserem ajudar os desabrigados devido aos alagamentos podem realizar doações de mantimentos, como comida, água, agasalhos, colchões, fraldas infantis e geriátricas e produtos de limpeza e higiene pessoal em dois pontos do Município. A Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya (Rua Padre Felipe, 900, Centro) e o Ginásio Municipal Edgar Piccioni (Rua 24 de Agosto, 3079, Vila Olímpica) são os pontos de recebimento de doações. Desde a madrugada, mais de 500 pessoas já foram deslocadas para os cinco abrigos distribuídos nas principais regiões afetadas: Três Marias, Jardim das Figueiras, Primavera, Navegantes, Ezequiel e Vila Nova. Em pouco mais de 24 horas, Esteio registrou 182 mm de precipitação, 20 mm a mais do que o total esperado para o mês de julho inteiro. O volume intenso de chuvas causa transtornos em diversas regiões da cidade e mobiliza equipes de todas as Secretarias Municipais, da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, que prestam auxílio à comunidade nos bairros atingidos desde o final da noite de segunda-feira (13), quando a situação começou a se agravar. Cidadãos voluntários também se somam à força-tarefa. O agravamento das enchentes, que já atingiam a cidade em menor proporção na tarde de segunda-feira, se deu no final da noite com a continuidade das chuvas e o transbordamento do arroio sobre o dique formado pela Avenida Brasil no trecho em que a obra ainda não está concluída. Moradores em situação de emergência devem contatar a Defesa Civil pelo número 153 ou com o Corpo de Bombeiros, pelo 193. Com a previsão de novos temporais, os efetivos seguem de plantão em toda a cidade. Foto: Michelle Oliveira/ Prefeitura de Esteio

Foto: Michelle Oliveira/ Prefeitura de Esteio
Esteio- RS- Brasil- 14/07/2015- Os esteienses que quiserem ajudar os desabrigados devido aos alagamentos podem realizar doações de mantimentos, como comida, água, agasalhos, colchões, fraldas infantis e geriátricas e produtos de limpeza e higiene pessoal em dois pontos do Município. A Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya (Rua Padre Felipe, 900, Centro) e o Ginásio Municipal Edgar Piccioni (Rua 24 de Agosto, 3079, Vila Olímpica) são os pontos de recebimento de doações. Desde a madrugada, mais de 500 pessoas já foram deslocadas para os cinco abrigos distribuídos nas principais regiões afetadas: Três Marias, Jardim das Figueiras, Primavera, Navegantes, Ezequiel e Vila Nova. Em pouco mais de 24 horas, Esteio registrou 182 mm de precipitação, 20 mm a mais do que o total esperado para o mês de julho inteiro. O volume intenso de chuvas causa transtornos em diversas regiões da cidade e mobiliza equipes de todas as Secretarias Municipais, da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, que prestam auxílio à comunidade nos bairros atingidos desde o final da noite de segunda-feira (13), quando a situação começou a se agravar. Cidadãos voluntários também se somam à força-tarefa. O agravamento das enchentes, que já atingiam a cidade em menor proporção na tarde de segunda-feira, se deu no final da noite com a continuidade das chuvas e o transbordamento do arroio sobre o dique formado pela Avenida Brasil no trecho em que a obra ainda não está concluída. Moradores em situação de emergência devem contatar a Defesa Civil pelo número 153 ou com o Corpo de Bombeiros, pelo 193. Com a previsão de novos temporais, os efetivos seguem de plantão em toda a cidade. Foto: Michelle Oliveira/ Prefeitura de Esteio

Foto: Michelle Oliveira/ Prefeitura de Esteio
Esteio- RS- Brasil- 14/07/2015- Os esteienses que quiserem ajudar os desabrigados devido aos alagamentos podem realizar doações de mantimentos, como comida, água, agasalhos, colchões, fraldas infantis e geriátricas e produtos de limpeza e higiene pessoal em dois pontos do Município. A Casa de Cultura Lufredina Araújo Gaya (Rua Padre Felipe, 900, Centro) e o Ginásio Municipal Edgar Piccioni (Rua 24 de Agosto, 3079, Vila Olímpica) são os pontos de recebimento de doações. Desde a madrugada, mais de 500 pessoas já foram deslocadas para os cinco abrigos distribuídos nas principais regiões afetadas: Três Marias, Jardim das Figueiras, Primavera, Navegantes, Ezequiel e Vila Nova. Em pouco mais de 24 horas, Esteio registrou 182 mm de precipitação, 20 mm a mais do que o total esperado para o mês de julho inteiro. O volume intenso de chuvas causa transtornos em diversas regiões da cidade e mobiliza equipes de todas as Secretarias Municipais, da Defesa Civil e do Corpo de Bombeiros, que prestam auxílio à comunidade nos bairros atingidos desde o final da noite de segunda-feira (13), quando a situação começou a se agravar. Cidadãos voluntários também se somam à força-tarefa. O agravamento das enchentes, que já atingiam a cidade em menor proporção na tarde de segunda-feira, se deu no final da noite com a continuidade das chuvas e o transbordamento do arroio sobre o dique formado pela Avenida Brasil no trecho em que a obra ainda não está concluída. Moradores em situação de emergência devem contatar a Defesa Civil pelo número 153 ou com o Corpo de Bombeiros, pelo 193. Com a previsão de novos temporais, os efetivos seguem de plantão em toda a cidade. Foto: Michelle Oliveira/ Prefeitura de Esteio

Foto: Michelle Oliveira/ Prefeitura de Esteio

 

Deixe uma resposta

Top