You are here
Home > Notícias

Zona rural de Passos será reflorestada com mudas cultivadas por presos

Ipê amarelo, sangra d`água,  tamboril, aroeira e ingá. Essas são algumas das 40 espécies que serão cultivadas no presídio de Passos e doadas para o reflorestamento de áreas de preservação ambiental.

O diretor da unidade, Celso Isidoro, conta que pretende cultivar, inicialmente, cinco mil mudas de plantas nativas no presídio. Toda a produção será doada à população de pouco poder aquisitivo, que precisa reflorestar áreas de preservação em propriedade rural particular, conforme as diretrizes do Código Florestal Brasileiro. Projetos sociais voltados ao meio ambiente também serão contemplados.

As principais áreas de preservação desmatadas na região são matas ciliares, às margens de nascentes, rios e mananciais. Elas protegem os cursos d’água do assoreamento e servem de habitat para diferentes espécies de animais, auxiliando na manutenção do equilíbrio ecológico.

Filho de agricultor, Hediel Sobrinho, de 23 anos, reconhece a importância de preservar o meio ambiente. O detento trabalha na horta do presídio de Passos, cuja produção é doada integralmente a uma instituição de combate ao câncer e agora é um dos nove presos que participam do curso de viveiro de mudas.

“Estou tendo a oportunidade de ampliar meus conhecimentos e transformar as outras pessoas, tanto quanto elas me transformaram, despertando-as para a consciência ambiental”, destaca Hediel.

A doação de mudas irá contribuir para a sustentabilidade ambiental da região, que possui uma economia baseada principalmente na agropecuária e no agronegócio.

pres_mudas_101 pres_mudas_104 pres_mudas_105

Foto: Ascom/Seds

Deixe uma resposta

Top