You are here
Home > Notícias

Espuma de poluição no rio Tietê voa para cidade devido ao forte vento

No limite oeste da região metropolitana de São Paulo existe uma cidade exalando aconchego e respirando ares interioranos. Nas últimas décadas, entretanto, Pirapora do Bom Jesus também tem um rio dominado por espumas tóxicas e quem mora às margens do Tietê é obrigado a conviver com um cheiro insuportável e um ar infecto.

É um problema recorrente e acentuado nos invernos todos os anos.  As espumas se acumulam em grossas camadas que flutuam pelo rio. Como são leves, ao menor sinal de ventania, elas voam, invadem as casas e estabelecimentos. Nem unidades de atendimento à saúde escapam, conforme relata Dany Wilian Floresti, coordenador do pronto-atendimento do município.

“Quanto venta na cidade, as espumas acabam invadindo a unidade (de saúde) criando desconforto para quem está procurando atendimento”, lamenta.

24-06-2015 - espuma no Rio Tietê invadindo as ruas de Pirapora do Bom Jesus, desta vez através do vento. Foto: Rafael Pacheco
24-06-2015 – espuma no Rio Tietê invadindo as ruas de Pirapora do Bom Jesus, desta vez através do vento. Foto: Rafael Pacheco
24-06-2015 - espuma no Rio Tietê invadindo as ruas de Pirapora do Bom Jesus, desta vez através do vento. Foto: Rafael Pacheco
24-06-2015 – espuma no Rio Tietê invadindo as ruas de Pirapora do Bom Jesus, desta vez através do vento. Foto: Rafael Pacheco
24-06-2015 - espuma no Rio Tietê invadindo as ruas de Pirapora do Bom Jesus, desta vez através do vento. Foto: Rafael Pacheco
24-06-2015 – espuma no Rio Tietê invadindo as ruas de Pirapora do Bom Jesus, desta vez através do vento. Foto: Rafael Pacheco
24-06-2015 - espuma no Rio Tietê invadindo as ruas de Pirapora do Bom Jesus, desta vez através do vento. Foto: Rafael Pacheco
24-06-2015 – espuma no Rio Tietê invadindo as ruas de Pirapora do Bom Jesus, desta vez através do vento. Foto: Rafael Pacheco

Por Tony Cavalcanti

Deixe uma resposta

Top