You are here

Tempestade Magnética classe M em direção a terra

Erupções solares são explosões na superfície do Sol causadas por mudanças repentinas no seu campo magnético. A atividade na superfície solar pode causar altos níveis de radiação no espaço sideral. Esta radiação pode vir como partículas (plasma) ou radiação eletromagnética (luz). O Sol libera porções de energia eletromagnética quando uma gigantesca quantidade de energia armazenada em campos magnéticos, acima das manchas solares, explode, produzindo um forte pulso de radiação que abrange espectro eletromagnético, desde as ondas de rádio até os raios X e raios gama. Erupções classe M: são erupções de média intensidade que afetam as regiões dos pólos e rápidos bloqueios nas emissões radiofônicas.

LASCO 21-06-latest

Embora é difícil de dizer, esta nova imagem LASCO C2, ejeção de massa coronal completo halo (CME) está deixando o sol depois de um evento da dupla “flare” em torno da mancha solar 2371. A Região 2371 primeiro produziu um M2.0 flare às 01:42 UTC (21/06). Foi rapidamente seguido por um M2,6 o brilho que continua atualmente em curso no momento da atualização (02:45 UTC), Solar Dynamics Observatory (SDO), usando o 193 angstrons coronal, mostra intensidade ao redor, indicando uma possível massa coronal dirigida na ejeção de massa (CME) pode estar associada.

GRAFICO SOLAR_06

 

Quando atingem a Terra, a magnetosfera do planeta desvia a maior parte da radiação, mas uma parte pode chegar à atmosfera superior, causando as tempestades geomagnéticas. As erupções solares são classificadas de acordo com o seu brilho em raios X no intervalo de comprimento de onda que vai de 1 a 8 Ångstroms.

Fonte de pesquisa NASA.

Deixe uma resposta

Top