You are here
Home > Esporte

Brasil é superado pela Itália na Liga Mundial de Vôlei

Um espetáculo pôde ser visto pelas cerca de 11.130 pessoas que estiveram no Foro Itálico, em Roma, nesta sexta-feira (19.06). Um dos maiores clássicos do vôlei mundial, Itália x Brasil, aconteceu a céu aberto, algo incomum na modalidade, e as duas seleções fizeram uma bela apresentação pela quarta etapa da Liga Mundial. No final, melhor para o time da casa, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 21/2525/18, 17/25 e 14/16), em 2h22 de partida.

Mesmo com o resultado negativo, o Brasil contou com os maiores pontuadores do jogo: o oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli, ambos com 20 pontos. O desempenho individual não agradou Wallace, que, sempre prioriza o sucesso da seleção brasileira. “Sempre disse isso e hoje, mais uma vez. O importante aqui é a vitória do Brasil. Infelizmente, não conseguimos, mas vamos buscar esse resultado no jogo de domingo”, afirmou Wallace.

EQUIPES

BRASIL – Bruno, Wallace, Lucão, Édder, Lucarelli e Murilo. Líbero – Serginho
Entraram – Evandro, Raphael, Lipe
Técnico: Rubinho

ITÁLIA – Travica, Vettori, Birarelli, Anzani, Lanza e Zaytzev. Líbero – Colaci
Entraram – Saitta, Sabbi, Botto, Mengozzi
Técnico: Mauro Berruto

Roma- Itália- 19/06/2015- Um espetáculo pôde ser visto pelas cerca de 11.130 pessoas que estiveram no Foro Itálico, em Roma, nesta sexta-feira (19.06). Um dos maiores clássicos do vôlei mundial, Itália x Brasil, aconteceu a céu aberto, algo incomum na modalidade, e as duas seleções fizeram uma bela apresentação pela quarta etapa da Liga Mundial. No final, melhor para o time da casa, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 21/2525/18, 17/25 e 14/16), em 2h22 de partida. Mesmo com o resultado negativo, o Brasil contou com os maiores pontuadores do jogo: o oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli, ambos com 20 pontos. O desempenho individual não agradou Wallace, que, sempre prioriza o sucesso da seleção brasileira. "Sempre disse isso e hoje, mais uma vez. O importante aqui é a vitória do Brasil. Infelizmente, não conseguimos, mas vamos buscar esse resultado no jogo de domingo", afirmou Wallace. O oposto brasileiro se referiu ao próximo compromisso do Brasil na Liga Mundial. O segundo confronto contra os italianos será no domingo (21.06), às 15h (Horário de Brasília), desta vez em Firenze. A seleção viaja neste sábado (20.06) para Florença, onde vai ser realizada a partida. Sobre o resultado desta sexta, o técnico Rubinho destacou a festa que envolveu o jogo. "Havia uma atmosfera bonita esta noite, com um público participativo e o que vimos foi um espetáculo emocionante. Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes. No entanto, foi um bom jogo", disse Rubinho. O capitão do Brasil, Bruninho, também ressaltou o "Foi uma experiência incrível. É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados, mas estou feliz de ter experimentado essa sensação, apesar da derrota. Teremos outro jogo já no domingo e temos de vencer para continuar nosso caminho", analisou Bruninho. Foto: FIVB
Foto: FIVB
Roma- Itália- 19/06/2015- Um espetáculo pôde ser visto pelas cerca de 11.130 pessoas que estiveram no Foro Itálico, em Roma, nesta sexta-feira (19.06). Um dos maiores clássicos do vôlei mundial, Itália x Brasil, aconteceu a céu aberto, algo incomum na modalidade, e as duas seleções fizeram uma bela apresentação pela quarta etapa da Liga Mundial. No final, melhor para o time da casa, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 21/2525/18, 17/25 e 14/16), em 2h22 de partida. Mesmo com o resultado negativo, o Brasil contou com os maiores pontuadores do jogo: o oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli, ambos com 20 pontos. O desempenho individual não agradou Wallace, que, sempre prioriza o sucesso da seleção brasileira. "Sempre disse isso e hoje, mais uma vez. O importante aqui é a vitória do Brasil. Infelizmente, não conseguimos, mas vamos buscar esse resultado no jogo de domingo", afirmou Wallace. O oposto brasileiro se referiu ao próximo compromisso do Brasil na Liga Mundial. O segundo confronto contra os italianos será no domingo (21.06), às 15h (Horário de Brasília), desta vez em Firenze. A seleção viaja neste sábado (20.06) para Florença, onde vai ser realizada a partida. Sobre o resultado desta sexta, o técnico Rubinho destacou a festa que envolveu o jogo. "Havia uma atmosfera bonita esta noite, com um público participativo e o que vimos foi um espetáculo emocionante. Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes. No entanto, foi um bom jogo", disse Rubinho. O capitão do Brasil, Bruninho, também ressaltou o "Foi uma experiência incrível. É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados, mas estou feliz de ter experimentado essa sensação, apesar da derrota. Teremos outro jogo já no domingo e temos de vencer para continuar nosso caminho", analisou Bruninho. Foto: FIVB
Foto: FIVB
Roma- Itália- 19/06/2015- Um espetáculo pôde ser visto pelas cerca de 11.130 pessoas que estiveram no Foro Itálico, em Roma, nesta sexta-feira (19.06). Um dos maiores clássicos do vôlei mundial, Itália x Brasil, aconteceu a céu aberto, algo incomum na modalidade, e as duas seleções fizeram uma bela apresentação pela quarta etapa da Liga Mundial. No final, melhor para o time da casa, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 21/2525/18, 17/25 e 14/16), em 2h22 de partida. Mesmo com o resultado negativo, o Brasil contou com os maiores pontuadores do jogo: o oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli, ambos com 20 pontos. O desempenho individual não agradou Wallace, que, sempre prioriza o sucesso da seleção brasileira. "Sempre disse isso e hoje, mais uma vez. O importante aqui é a vitória do Brasil. Infelizmente, não conseguimos, mas vamos buscar esse resultado no jogo de domingo", afirmou Wallace. O oposto brasileiro se referiu ao próximo compromisso do Brasil na Liga Mundial. O segundo confronto contra os italianos será no domingo (21.06), às 15h (Horário de Brasília), desta vez em Firenze. A seleção viaja neste sábado (20.06) para Florença, onde vai ser realizada a partida. Sobre o resultado desta sexta, o técnico Rubinho destacou a festa que envolveu o jogo. "Havia uma atmosfera bonita esta noite, com um público participativo e o que vimos foi um espetáculo emocionante. Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes. No entanto, foi um bom jogo", disse Rubinho. O capitão do Brasil, Bruninho, também ressaltou o "Foi uma experiência incrível. É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados, mas estou feliz de ter experimentado essa sensação, apesar da derrota. Teremos outro jogo já no domingo e temos de vencer para continuar nosso caminho", analisou Bruninho. Foto: FIVB
Foto: FIVB
Roma- Itália- 19/06/2015- Um espetáculo pôde ser visto pelas cerca de 11.130 pessoas que estiveram no Foro Itálico, em Roma, nesta sexta-feira (19.06). Um dos maiores clássicos do vôlei mundial, Itália x Brasil, aconteceu a céu aberto, algo incomum na modalidade, e as duas seleções fizeram uma bela apresentação pela quarta etapa da Liga Mundial. No final, melhor para o time da casa, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 21/2525/18, 17/25 e 14/16), em 2h22 de partida. Mesmo com o resultado negativo, o Brasil contou com os maiores pontuadores do jogo: o oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli, ambos com 20 pontos. O desempenho individual não agradou Wallace, que, sempre prioriza o sucesso da seleção brasileira. "Sempre disse isso e hoje, mais uma vez. O importante aqui é a vitória do Brasil. Infelizmente, não conseguimos, mas vamos buscar esse resultado no jogo de domingo", afirmou Wallace. O oposto brasileiro se referiu ao próximo compromisso do Brasil na Liga Mundial. O segundo confronto contra os italianos será no domingo (21.06), às 15h (Horário de Brasília), desta vez em Firenze. A seleção viaja neste sábado (20.06) para Florença, onde vai ser realizada a partida. Sobre o resultado desta sexta, o técnico Rubinho destacou a festa que envolveu o jogo. "Havia uma atmosfera bonita esta noite, com um público participativo e o que vimos foi um espetáculo emocionante. Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes. No entanto, foi um bom jogo", disse Rubinho. O capitão do Brasil, Bruninho, também ressaltou o "Foi uma experiência incrível. É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados, mas estou feliz de ter experimentado essa sensação, apesar da derrota. Teremos outro jogo já no domingo e temos de vencer para continuar nosso caminho", analisou Bruninho. Foto: FIVB
Foto: FIVB
Roma- Itália- 19/06/2015- Um espetáculo pôde ser visto pelas cerca de 11.130 pessoas que estiveram no Foro Itálico, em Roma, nesta sexta-feira (19.06). Um dos maiores clássicos do vôlei mundial, Itália x Brasil, aconteceu a céu aberto, algo incomum na modalidade, e as duas seleções fizeram uma bela apresentação pela quarta etapa da Liga Mundial. No final, melhor para o time da casa, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 21/2525/18, 17/25 e 14/16), em 2h22 de partida. Mesmo com o resultado negativo, o Brasil contou com os maiores pontuadores do jogo: o oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli, ambos com 20 pontos. O desempenho individual não agradou Wallace, que, sempre prioriza o sucesso da seleção brasileira. "Sempre disse isso e hoje, mais uma vez. O importante aqui é a vitória do Brasil. Infelizmente, não conseguimos, mas vamos buscar esse resultado no jogo de domingo", afirmou Wallace. O oposto brasileiro se referiu ao próximo compromisso do Brasil na Liga Mundial. O segundo confronto contra os italianos será no domingo (21.06), às 15h (Horário de Brasília), desta vez em Firenze. A seleção viaja neste sábado (20.06) para Florença, onde vai ser realizada a partida. Sobre o resultado desta sexta, o técnico Rubinho destacou a festa que envolveu o jogo. "Havia uma atmosfera bonita esta noite, com um público participativo e o que vimos foi um espetáculo emocionante. Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes. No entanto, foi um bom jogo", disse Rubinho. O capitão do Brasil, Bruninho, também ressaltou o "Foi uma experiência incrível. É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados, mas estou feliz de ter experimentado essa sensação, apesar da derrota. Teremos outro jogo já no domingo e temos de vencer para continuar nosso caminho", analisou Bruninho. Foto: FIVB
Foto: FIVB
Roma- Itália- 19/06/2015- Um espetáculo pôde ser visto pelas cerca de 11.130 pessoas que estiveram no Foro Itálico, em Roma, nesta sexta-feira (19.06). Um dos maiores clássicos do vôlei mundial, Itália x Brasil, aconteceu a céu aberto, algo incomum na modalidade, e as duas seleções fizeram uma bela apresentação pela quarta etapa da Liga Mundial. No final, melhor para o time da casa, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 21/2525/18, 17/25 e 14/16), em 2h22 de partida. Mesmo com o resultado negativo, o Brasil contou com os maiores pontuadores do jogo: o oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli, ambos com 20 pontos. O desempenho individual não agradou Wallace, que, sempre prioriza o sucesso da seleção brasileira. "Sempre disse isso e hoje, mais uma vez. O importante aqui é a vitória do Brasil. Infelizmente, não conseguimos, mas vamos buscar esse resultado no jogo de domingo", afirmou Wallace. O oposto brasileiro se referiu ao próximo compromisso do Brasil na Liga Mundial. O segundo confronto contra os italianos será no domingo (21.06), às 15h (Horário de Brasília), desta vez em Firenze. A seleção viaja neste sábado (20.06) para Florença, onde vai ser realizada a partida. Sobre o resultado desta sexta, o técnico Rubinho destacou a festa que envolveu o jogo. "Havia uma atmosfera bonita esta noite, com um público participativo e o que vimos foi um espetáculo emocionante. Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes. No entanto, foi um bom jogo", disse Rubinho. O capitão do Brasil, Bruninho, também ressaltou o "Foi uma experiência incrível. É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados, mas estou feliz de ter experimentado essa sensação, apesar da derrota. Teremos outro jogo já no domingo e temos de vencer para continuar nosso caminho", analisou Bruninho. Foto: FIVB
Foto: FIVB
Roma- Itália- 19/06/2015- Um espetáculo pôde ser visto pelas cerca de 11.130 pessoas que estiveram no Foro Itálico, em Roma, nesta sexta-feira (19.06). Um dos maiores clássicos do vôlei mundial, Itália x Brasil, aconteceu a céu aberto, algo incomum na modalidade, e as duas seleções fizeram uma bela apresentação pela quarta etapa da Liga Mundial. No final, melhor para o time da casa, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 21/2525/18, 17/25 e 14/16), em 2h22 de partida. Mesmo com o resultado negativo, o Brasil contou com os maiores pontuadores do jogo: o oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli, ambos com 20 pontos. O desempenho individual não agradou Wallace, que, sempre prioriza o sucesso da seleção brasileira. "Sempre disse isso e hoje, mais uma vez. O importante aqui é a vitória do Brasil. Infelizmente, não conseguimos, mas vamos buscar esse resultado no jogo de domingo", afirmou Wallace. O oposto brasileiro se referiu ao próximo compromisso do Brasil na Liga Mundial. O segundo confronto contra os italianos será no domingo (21.06), às 15h (Horário de Brasília), desta vez em Firenze. A seleção viaja neste sábado (20.06) para Florença, onde vai ser realizada a partida. Sobre o resultado desta sexta, o técnico Rubinho destacou a festa que envolveu o jogo. "Havia uma atmosfera bonita esta noite, com um público participativo e o que vimos foi um espetáculo emocionante. Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes. No entanto, foi um bom jogo", disse Rubinho. O capitão do Brasil, Bruninho, também ressaltou o "Foi uma experiência incrível. É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados, mas estou feliz de ter experimentado essa sensação, apesar da derrota. Teremos outro jogo já no domingo e temos de vencer para continuar nosso caminho", analisou Bruninho. Foto: FIVB
Foto: FIVB
Roma- Itália- 19/06/2015- Um espetáculo pôde ser visto pelas cerca de 11.130 pessoas que estiveram no Foro Itálico, em Roma, nesta sexta-feira (19.06). Um dos maiores clássicos do vôlei mundial, Itália x Brasil, aconteceu a céu aberto, algo incomum na modalidade, e as duas seleções fizeram uma bela apresentação pela quarta etapa da Liga Mundial. No final, melhor para o time da casa, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 21/2525/18, 17/25 e 14/16), em 2h22 de partida. Mesmo com o resultado negativo, o Brasil contou com os maiores pontuadores do jogo: o oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli, ambos com 20 pontos. O desempenho individual não agradou Wallace, que, sempre prioriza o sucesso da seleção brasileira. "Sempre disse isso e hoje, mais uma vez. O importante aqui é a vitória do Brasil. Infelizmente, não conseguimos, mas vamos buscar esse resultado no jogo de domingo", afirmou Wallace. O oposto brasileiro se referiu ao próximo compromisso do Brasil na Liga Mundial. O segundo confronto contra os italianos será no domingo (21.06), às 15h (Horário de Brasília), desta vez em Firenze. A seleção viaja neste sábado (20.06) para Florença, onde vai ser realizada a partida. Sobre o resultado desta sexta, o técnico Rubinho destacou a festa que envolveu o jogo. "Havia uma atmosfera bonita esta noite, com um público participativo e o que vimos foi um espetáculo emocionante. Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes. No entanto, foi um bom jogo", disse Rubinho. O capitão do Brasil, Bruninho, também ressaltou o "Foi uma experiência incrível. É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados, mas estou feliz de ter experimentado essa sensação, apesar da derrota. Teremos outro jogo já no domingo e temos de vencer para continuar nosso caminho", analisou Bruninho. Foto: FIVB
Foto: FIVB
Roma- Itália- 19/06/2015- Um espetáculo pôde ser visto pelas cerca de 11.130 pessoas que estiveram no Foro Itálico, em Roma, nesta sexta-feira (19.06). Um dos maiores clássicos do vôlei mundial, Itália x Brasil, aconteceu a céu aberto, algo incomum na modalidade, e as duas seleções fizeram uma bela apresentação pela quarta etapa da Liga Mundial. No final, melhor para o time da casa, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 21/2525/18, 17/25 e 14/16), em 2h22 de partida. Mesmo com o resultado negativo, o Brasil contou com os maiores pontuadores do jogo: o oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli, ambos com 20 pontos. O desempenho individual não agradou Wallace, que, sempre prioriza o sucesso da seleção brasileira. "Sempre disse isso e hoje, mais uma vez. O importante aqui é a vitória do Brasil. Infelizmente, não conseguimos, mas vamos buscar esse resultado no jogo de domingo", afirmou Wallace. O oposto brasileiro se referiu ao próximo compromisso do Brasil na Liga Mundial. O segundo confronto contra os italianos será no domingo (21.06), às 15h (Horário de Brasília), desta vez em Firenze. A seleção viaja neste sábado (20.06) para Florença, onde vai ser realizada a partida. Sobre o resultado desta sexta, o técnico Rubinho destacou a festa que envolveu o jogo. "Havia uma atmosfera bonita esta noite, com um público participativo e o que vimos foi um espetáculo emocionante. Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes. No entanto, foi um bom jogo", disse Rubinho. O capitão do Brasil, Bruninho, também ressaltou o "Foi uma experiência incrível. É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados, mas estou feliz de ter experimentado essa sensação, apesar da derrota. Teremos outro jogo já no domingo e temos de vencer para continuar nosso caminho", analisou Bruninho. Foto: FIVB
Foto: FIVB
Roma- Itália- 19/06/2015- Um espetáculo pôde ser visto pelas cerca de 11.130 pessoas que estiveram no Foro Itálico, em Roma, nesta sexta-feira (19.06). Um dos maiores clássicos do vôlei mundial, Itália x Brasil, aconteceu a céu aberto, algo incomum na modalidade, e as duas seleções fizeram uma bela apresentação pela quarta etapa da Liga Mundial. No final, melhor para o time da casa, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 21/2525/18, 17/25 e 14/16), em 2h22 de partida. Mesmo com o resultado negativo, o Brasil contou com os maiores pontuadores do jogo: o oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli, ambos com 20 pontos. O desempenho individual não agradou Wallace, que, sempre prioriza o sucesso da seleção brasileira. "Sempre disse isso e hoje, mais uma vez. O importante aqui é a vitória do Brasil. Infelizmente, não conseguimos, mas vamos buscar esse resultado no jogo de domingo", afirmou Wallace. O oposto brasileiro se referiu ao próximo compromisso do Brasil na Liga Mundial. O segundo confronto contra os italianos será no domingo (21.06), às 15h (Horário de Brasília), desta vez em Firenze. A seleção viaja neste sábado (20.06) para Florença, onde vai ser realizada a partida. Sobre o resultado desta sexta, o técnico Rubinho destacou a festa que envolveu o jogo. "Havia uma atmosfera bonita esta noite, com um público participativo e o que vimos foi um espetáculo emocionante. Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes. No entanto, foi um bom jogo", disse Rubinho. O capitão do Brasil, Bruninho, também ressaltou o "Foi uma experiência incrível. É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados, mas estou feliz de ter experimentado essa sensação, apesar da derrota. Teremos outro jogo já no domingo e temos de vencer para continuar nosso caminho", analisou Bruninho. Foto: FIVB
Foto: FIVB
Roma- Itália- 19/06/2015- Um espetáculo pôde ser visto pelas cerca de 11.130 pessoas que estiveram no Foro Itálico, em Roma, nesta sexta-feira (19.06). Um dos maiores clássicos do vôlei mundial, Itália x Brasil, aconteceu a céu aberto, algo incomum na modalidade, e as duas seleções fizeram uma bela apresentação pela quarta etapa da Liga Mundial. No final, melhor para o time da casa, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 21/2525/18, 17/25 e 14/16), em 2h22 de partida. Mesmo com o resultado negativo, o Brasil contou com os maiores pontuadores do jogo: o oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli, ambos com 20 pontos. O desempenho individual não agradou Wallace, que, sempre prioriza o sucesso da seleção brasileira. "Sempre disse isso e hoje, mais uma vez. O importante aqui é a vitória do Brasil. Infelizmente, não conseguimos, mas vamos buscar esse resultado no jogo de domingo", afirmou Wallace. O oposto brasileiro se referiu ao próximo compromisso do Brasil na Liga Mundial. O segundo confronto contra os italianos será no domingo (21.06), às 15h (Horário de Brasília), desta vez em Firenze. A seleção viaja neste sábado (20.06) para Florença, onde vai ser realizada a partida. Sobre o resultado desta sexta, o técnico Rubinho destacou a festa que envolveu o jogo. "Havia uma atmosfera bonita esta noite, com um público participativo e o que vimos foi um espetáculo emocionante. Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes. No entanto, foi um bom jogo", disse Rubinho. O capitão do Brasil, Bruninho, também ressaltou o "Foi uma experiência incrível. É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados, mas estou feliz de ter experimentado essa sensação, apesar da derrota. Teremos outro jogo já no domingo e temos de vencer para continuar nosso caminho", analisou Bruninho. Foto: FIVB
Foto: FIVB
Roma- Itália- 19/06/2015- Um espetáculo pôde ser visto pelas cerca de 11.130 pessoas que estiveram no Foro Itálico, em Roma, nesta sexta-feira (19.06). Um dos maiores clássicos do vôlei mundial, Itália x Brasil, aconteceu a céu aberto, algo incomum na modalidade, e as duas seleções fizeram uma bela apresentação pela quarta etapa da Liga Mundial. No final, melhor para o time da casa, que venceu por 3 sets a 2 (26/24, 21/2525/18, 17/25 e 14/16), em 2h22 de partida. Mesmo com o resultado negativo, o Brasil contou com os maiores pontuadores do jogo: o oposto Wallace e o ponteiro Lucarelli, ambos com 20 pontos. O desempenho individual não agradou Wallace, que, sempre prioriza o sucesso da seleção brasileira. "Sempre disse isso e hoje, mais uma vez. O importante aqui é a vitória do Brasil. Infelizmente, não conseguimos, mas vamos buscar esse resultado no jogo de domingo", afirmou Wallace. O oposto brasileiro se referiu ao próximo compromisso do Brasil na Liga Mundial. O segundo confronto contra os italianos será no domingo (21.06), às 15h (Horário de Brasília), desta vez em Firenze. A seleção viaja neste sábado (20.06) para Florença, onde vai ser realizada a partida. Sobre o resultado desta sexta, o técnico Rubinho destacou a festa que envolveu o jogo. "Havia uma atmosfera bonita esta noite, com um público participativo e o que vimos foi um espetáculo emocionante. Do ponto de vista técnico, foi um jogo difícil, porque as diferenças em relação aos jogos indoor são grandes. No entanto, foi um bom jogo", disse Rubinho. O capitão do Brasil, Bruninho, também ressaltou o "Foi uma experiência incrível. É realmente bem diferente de uma partida em um ginásio fechado, como estamos acostumados, mas estou feliz de ter experimentado essa sensação, apesar da derrota. Teremos outro jogo já no domingo e temos de vencer para continuar nosso caminho", analisou Bruninho. Foto: FIVB
Foto: FIVB

Por Tony Cavalcanti

Deixe uma resposta

Top