You are here
Home > Esporte

Vôlei de Praia: Brasileiras vencem no qualificatório e coloca seis duplas no Grand Slam dos EUA

Segundo Grand Slam do Circuito Mundial 2015, a etapa de Saint Petersburgo, nos Estados Unidos, será a etapa com mais duplas brasileiras no torneio feminino. Fernanda Berti/Taiana (RJ/CE), Lili/Carol Horta (ES/CE) e Maria Clara/Carol (RJ) venceram suas partidas pelo qualificatório nesta quarta-feira (17.06) e conquistaram a vaga à fase de grupos da competição norte-americana.

Ágatha/Bárbara Seixas (PR/RJ), Juliana/Maria Elisa (CE/PE) e Larissa/Talita (PA/AL) já estavam garantidas pela pontuação no ranking de entradas da Federação Internacional de Voleibol (FIVB). Os seis times começam a fase de grupos nesta quinta-feira (18.06), com as finais programadas para o próximo domingo (21.06).

Com 25 times disputando oito vagas ao torneio principal, as brasileiras tiveram que entrar em quadra apenas uma vez, vencendo a primeira partida por bye (quando não há oponente ou ocorre uma desistência). Fernanda Berti e Taiana (RJ/CE) superaram as canadenses Kacie MacTavish e Caleigh Whitaker por 2 sets a 0 (21/13, 21/13), em 38 minutos de partida.

“Estava muito quente, a gente precisa economizar energia e dar o máximo o tempo todo. A Fernanda sacou muito bem no primeiro set, e no segundo set fez defesas excelentes. Isso nos ajudou a ter o controle do jogo”, comentou Taiana após a classificação.

Lili e Carolina Horta (ES/CE) enfrenaram e superara as jovem chinesas Yuanyuan Ma e Xinyi Xia por 2 sets a 0 (21/18, 21/18), em 41 minutos. Com Carol Horta fechando a partida em uma linda largada, a dupla comemorou o desempenho após estarem em desvantagem no placar.

“Ganhamos esse jogo no primeiro set, pois estávamos perdendo por 16 a 11 e conseguimos colocar a cabeça no lugar, ter tranquilidade e reverter o placar. Era o único jogo no dia, eliminatório, então tínhamos que dar 100%. Temos que continuar assim, com vibração, vontade e muita alegria para fazermos nosso melhor torneio”, disse Lili.

Maria Clara e Carol (RJ) venceram as australianas Mariafe Artacho/Nicole Laird por 2 sets a 0 (21/18, 21/17), em 42 minutos de jogo. As cariocas encontraram dificuldades no início da partida por conta da presença de rede da camisa número 2 (Nicole), que tem 1,90m, e saíram em desvantagem de 12/9. Ainda na primeira etapa, as irmãs Salgado buscaram o jogo e viraram o placar em 21/18. Assim como o primeiro, o segundo set foi de intensa disputa. Maria Clara e Carol conseguiram abrir três pontos no fim da etapa, com 19/16, e liquidaram o jogo em 21/17, com Maria Clara explorando o bloqueio adversário.

O Grand Slam de St. Petersburg será o segundo de cinco na temporada do Circuito Mundial. Este será o primeiro evento organizado pela FIVB sediado na cidade que fica no litoral sul do estado da Flórida, nos EUA.

A corrida olímpica brasileira será definida da seguinte forma: uma dupla masculina e uma dupla feminina conquistarão a classificação para a Olimpíada de 2016 pela pontuação obtida nos nove principais eventos do Circuito Mundial 2015 (cinco Grand Slams, três Major Series e Open do Rio de Janeiro). Os times poderão descartar os dois piores resultados ao longo da temporada.

Em 2015, o calendário do Circuito Mundial prevê cinco Grand Slams, três Major Series, dez Opens, o Campeonato Mundial e o World Tour Finals, que reunirá apenas os oito melhores times da temporada de cada gênero. Cada torneio possui pontuação e premiação distintas, mas serão distribuídos ao todo mais de 9,6 milhões de dólares.

Os times vencedores da etapa de St. Petersburg nos dois gêneros somam 800 pontos no ranking do Circuito Mundial e garantem um prêmio de 57 mil dólares. Ao todo, 400 mil dólares são distribuídos aos atletas em cada um dois gêneros. Depois do torneio na Flórida, as atenções serão para o Campeonato Mundial, que acontece entre 26 de junho e 05 de julho na Holanda.

ST-Pete_Lili-e-Carol-Horta-000 ST-Pete_Maria-Clara-e-Carolina-021 ST-Pete_Tayana-e-Fernanda-Berti-017

Foto: CBV

Por Tony Cavalcanti

Deixe uma resposta

Top