You are here
Home > Esporte

Brasileiro de Motocross – Stefany Serrão é destaque na segunda etapa

Paty do Alferes (RJ) – Stefany Serrão foi destaque na segunda etapa do Campeonato Brasileiro de Motocross, que teve fim neste domingo em Paty do Alferes, Rio de Janeiro. A piloto patrocinada pela IMS e Honda marcou presença no pódio em quinto lugar da MX3, classe que inclui competidores acima de 35 anos além de muheres.

A equipe IMS Racing também acelerou pela MX1 com o inglês Adam Chatfield, que apesar de ter sofrido uma queda na segunda bateria segue entre os ponteiros, em sexto na tabela. Na MX2, Caio Lopes teve problemas de saúde e não pôde competir.

A corrida da MX3 foi realizada no sábado. “A etapa foi muito boa, eu me senti bastante à vontade na pista”, contou Stefany Serrão. Mas o caminho até o pódio não foi nada fácil. “Depois de uma largada ruim, fui para as últimas posições. Consegui várias ultrapassagens e na terceira volta já estava em terceiro lugar. Terminei em quinto e cumpri o objetivo de ir ao pódio. Estou feliz e mais motivada ainda para as próximas, sei que posso ir além”, acrescentou. Com o resultado, ela pula do sexto para o quinto lugar na classificação.

Campeão da MX3 em 1999 e chefe de equipe da IMS Racing, Wellington Valadares valorizou a conquista da atual campeã brasileira feminina. “A Stefany está de parabéns pelo ótimo resultado, não é fácil competir na MX3. O nível técnico da classe é muito alto, ainda mais diante de uma pista cheia de dificuldades como a de Paty do Alferes”, destacou.

Nas outras categorias, os pilotos passaram por situações ainda mais adversas. Chatfield acelerou forte e faturou o quinto lugar na corrida de abertura da MX1. Porém, na segunda bateria, uma queda comprometeu o ritmo do piloto, que terminou em 11º. Na soma das corridas, ele finalizou a etapa em nono lugar – e está em sexto na briga pelo título.

“Tivemos contratempos no final de semana, a queda do Adam infelizmente comprometeu o desempenho na MX1. Na MX2, Caio Lopes contraiu alguma virose e passou mal durante toda a noite. Chegou a largar na primeira bateria, mas não pôde continuar e muito menos largar na segunda. De qualquer forma, temos pouco mais de um mês para trabalhar forte até a terceira etapa do Brasileiro e sei que vamos subir de rendimento”, concluiu Valadares. O próximo desafio do Brasileiro está marcado para os dias 1º e 2 de agosto, em Canelinha (SC).

A equipe IMS Racing conta com o patrocício de Ipiranga, Honda e Levorin e com o apoio de Polisport e Yoshimura. A IMS ainda é patrocinadora oficial do Campeonato Brasileiro de Motocross.

Resultados – 2ª Etapa do Brasileiro de Motocross 2015
Local: Horto do Avelar, em Paty do Alferes(RJ)

MX1 – 1ª bateria
1 – CARLOS CAMPANO
2 – JEAN RAMOS
3 – PAULO ALBERTO
4 – CARLOS BADIALI
5 – ADAM CHATFIELD – IMS Racing

MX1 – 2ª bateria
1 – CARLOS CAMPANO
2 – JEAN RAMOS
3 – JETRO SALAZAR
4 – PAULO ALBERTO
5 – WELLINGTON GARCIA
11 – ADAM CHATFIELD – IMS Racing

MX1 – Soma das baterias
1 – CARLOS CAMPANO
2 – JEAN RAMOS
3 – PAULO ALBERTO
4 – JETRO SALAZAR
5 – WELLINGTON GARCIA
9 – ADAM CHATFIELD – IMS Racing

MX3
1 – DUDA PARISE
2 – MILTON BECKER
3 – WILLIAM GUIMARÃES
4 – RICHARD BEROIS
5 – STEFANY SERRÃO – IMS Racing

Classificação após duas etapas
MX1
1 – CARLOS CAMPANO – 95
2 – PAULO ALBERTO – 85
3 – JEAN RAMOS – 82
4 – JETRO SALAZAR – 68
5 – WELLINGTON GARCIA – 62
6 – ADAM CHATFIELD – 58 – IMS Racing

MX2
1 – GUSTAVO PESSOA – 89
2 – HECTOR ASSUNÇAO – 85
3 – DUDU LIMA – 76
4 – ENZO LOPES – 70
5 – PEDRO HENRIQUE ROSA BUENO – 67
11 – CAIO LOPES – 31 – IMS Racing

MX3
1 – DUDA PARISE – 50 pontos
2 – MILTON BECKER – 44
3 – WILLIAN GUIMARAES – 34
4 – RICHARD BERMUDEZ – 34
5 – ANDRÉ STOCOVICH – 32
6 – STEFANY SERRAO – 31 – IMS Racing

stefany_2etapa_brmx2015_cafefotos3 xadam_2etapa_brmx2015_cafefotos6

Foto: Café Fotos/Mundo Press

Deixe uma resposta

Top